segunda-feira, julho 23, 2012

Tiradentes e o campo de batalha dos emboabas






Na rua direita (à direita da Matriz, naturalmente) encontramos o Via Destra, um restaurante italiano de primeiríssima. A massa extremamente leve, está recheada com uma ricota que não esfarela com noz moscada. A massa foi elaborada a partir da farinha de trigo e manjericão para dar a cor.




Chafariz, cavalos bebiam água do lado de trás do mesmo, escravas lavavam a roupa à direita e à esquerda. O lugar era conhecido como fofoca.
O problema da viagem foi a temperatura - 3 graus durante a noite, e no máximo 10 durante o dia. Foi necessário lareira e roupa térmica.
Maria Fumaça com destino a São João Del Rey

São João Del Rey, o lustre tem cristais coloridos. Só há dois desses no mundo, o outro está no Louvre

Portinha de entrada da padaria do Pe. Toledo, tem pudim de queijo minas !!

Porta de construção, provavelmente de 1750. Abaixo paisagem nos campos da provavel batalha das emboabas. Na época bandeirantes paulistas reividicavam o direito à lavra do ouro, concorrendo com os portugueses. O governo, no Rio de Janeiro, deu o poder aos portugueses, e criou duas novas capitanias, São Paulo (interior) e Minas de ouro. Os paulistas, desgostosos, foram atrás de mais minas de ouro em Goiás, rompendo de vez a fronteira do tratado Portugal-Espanha.

Parada da Via crucis, aqui Jesus encontra a mãe. As ruas proximas à Matriz possuem construções específicas para a procissões.

3 comentários:

Bel B disse...

Que viagem linda. A massa deu água na boca.

Fernando disse...

Quando vocês forem carregar a Cruz, pegar jacaré, jogar futebol, carregar caqueiro, fazer mudança, podem me convidar, porque um passei em Minas, esqueceram de mim... Isto foi uma estratégia?

art disse...

Fernando, a industria de movelaria é um capítulo à parte. contamos perto de uns 50 ateliers de marcineiros que trabalham com material de demolição. Parafuso de engenho de cana contei uns 20 nas fábricas que se encontram na estrada para Tiradentes. Se voces se animarem podiamos marcar algo em setembro.