domingo, julho 22, 2012

Manual de Ponte de Safena

Como estou em plena recuperacao da minha operacao de ponte de safena, vou escrever um manual para ajudar o proximo cliente.

TEORIA

Por que eu fui o primeiro a precisar de ponte de safena? (Tem outros na familia?) Meu problema comecou ha 15 anos, com dores no peito durante exercicio. Fiz uma cateterizacao em 1999 e tinha algum bloqueio mas os medicos da epoca nao fizeram nada. Finalmente em maio de 2012 fiz uma segunda cateterizacao que mostrou bloqueio quase total, nao queriam me deixar sair do hospital, fiz a ponte de safena depois de 8 dias.

O interessante e que mesmo com todo bloqueio eu so sentia sintomas com exercicio pesado, e nao tive ataque cardiaco, os musculos do coracao estavam em boa forma, nada necrosado. Isto e explicado por eu ter gerados bypass naturais, (covascularicao) outras veias pequenas que supriam o coracao nao de maneira completa para exercicio mas suficiente para o dia a dia.

Por que eu tenho colesterol, bloqueio e covascularicao? O maior efeito e genetico, vem com a raca, a alimentacao e a farra ajudam mas e preciso genetica para ter isso.

Em sumario, eu sou o primeiro mas nao sou o unico. A minha ponte de safena veio antes pois eu faco exercicio serio que exigiu mais que a covascularizacao podia dar. A turma do sofa ja esta entupida e nao sabe gracas a covascularizacao dada pela genetica. Alguem pode ficar bem velho e morrer deste jeito, mas operar mais novo e melhor. Cada um faz sua propria escolha.

PRATICA

Antes de operar estudei o assunto e ate considerei Cleveland Clinic. Os medicos daqui disseram que eles faziam maior numero e melhor que Cleveland, pois esta operacao se tornou corriqueira. Ai conversei com Rene que me disse que hoje se faz isto em Conquista, ai resolvi ir em frente com Greenville. Esta decisao se mostrou excelente, pois como vamos rever abaixo o problema maior foi recuperacao, operar em Cleveland e viajar seria ruim, 2 meses recuperando longe de casa ainda pior.

A operacao em si eu tirei de letra, me me deram drogas boas eu nao vi nem senti nada. Acordei na UTI depois de 2 a 3 horas apos 4 horas de operacao, estava recortado mas nada que eu nao pudesse aguentar.

No dia seguinte fui para um quarto semi-UTI com monitoracao continua, onde ja ficava com a familia (Selene e outros). Neste ponto a enfase do hospital era andar, comecei a andar no segundo dia apos a operacao. A outra enfase era pulmao, tinha remedios, exercicios e raio-X direto. Soube que eles tem muito problema com retencao de liquido no pulmao pos operatorio que resulta em pneumonia.

Outra complicacao era a comida. Alem de horrivel de qualidade de preparacao e gosto, nao tinha nada apropriado para apos operacao quando e dificil comer algo pesado. Recomendacao: organiza uma marmita!!

A recuperacao em casa foi otima. Andava na vizinhanca com cuidado e com alguem a principio. Nesta fase voce se cansa muito rapido, mesmo agora tem dia que bate a preguica precisa deitar um pouco. Arrumei uma cadeira eletrica (nao de choque, reclinava com motorzinho), li muito e assiti muita TV

Depois de 3 a 4 semanas parei com remedio para dor e comecei a trabalhar em casa no computador. Comecei a andar sozinho, com 5 semanas pude dirigir e trabalhar fora. Tambem fui fazer rehabilitacao, exercicio monitorado 3 vezes por semana.

E o coracao? So tive arritimia atrial no quarto e quinto dias, que atrasou o retorno para casa em 1 dia vim embora no quinto dia.

Ate agora parece facil, quais sao as complicacoes?

No segundo dia meu intestino bloqueou devido aos entorpecentes para dor, tive um caso serio de dor de barriga pois nao saia nem gas, a dor diminui com mais 2 dias, mas demorou para passar.

A recuperacao mais seria e o torax, pois eles cortam o osso e espalham para fazer a cirurgia. Na primeira semana espirrar era crise nacional, precisa abracar travesseiro. Dica importante, as dores no torax mudam de lugar de um dia para outro, felizmente uma enfermeira me explicou isto ou teria preocupado muito.

A segunda na lista e a perna, tiraram uma veia na marra, a perna nao gostou muito estava se vingando de mim, tive alguma dor seria especialmente dormindo de barriga para cima para o bem do torax.

A terceira e a mais pentelha e duradoura: Hemorroida. Comecou um ataque antes da cateterizacao (inicio de maio) e ainda esta ai firme e forte. faz mais de um mes que a unica razao que tomo remedio para dor e a hemorroida.

Moral da historia: antes de operar o coracao consertar a saida.

ESTAGIO ATUAL

Com um pouco mais de dois meses da cirurgia ja voltei a vida normal. Trabalho e dirigir ha um mes, estou fazendo exercicio em nivel proximo a antes. Ja sinto melhoras, nao tenho dor no peito durante exercicio. Bebida um copo de vinho por dia, vamos de leve.

So faltam 2 coisas: Motocicleta marcado para 11 de agosto e mountain bike (trilha) marcado para 11 de novembro.

6 comentários:

Igor disse...

To morrendo de dar risada. Dois meses atras tive que ir no cardiologista e passei por uma bateria de exames, tudo normal, o problema foi excesso cafeina. Me cuidando, pois tenho aversao a hospital, cirurgia etc.

Melhoras para vc Lulao.

Igor

art disse...

Tenho 5 stants. Mas ainda não abri o capot.

Bel B disse...

... esta parte que corta os ossos do torax me deixou arrepiada.. ai que dor!...

Selene disse...

Pior pra min foram os tubos no pescoco da criatura. Eu estou como Igor. Fiz um monte de exames e os numeros excelentes. O medico ate mandou eu para de tomar aspirina.

Fernando disse...

Lula, realmente você fez um manual do safenado. Sei que o cara do sofá se refere a minha pessoa. você sabe que somos homens de estratégia ... Secretas...
Quanto a hemorroidas é um assunto TOP SECRET, não se comenta. é igual a fé, cada qual com a sua.
A melhor cura de todos os males é saber perdoar, mudar os paradigmas, aceitar o novo e bola pra frente. Dicas estratégicas. Qualquer dia monto um curso de autoajuda.

Mariana disse...

Muito bom esse manual... Espero que a parte referente a "genética" não atinga sobrinhas ; (
Mesmo com toda a tecnologia atual ainda acho difícil encarar uma ponte dessas sem receios. Acho que vou fazer um teste de esforço...