domingo, maio 13, 2018

quinta-feira, abril 26, 2018

...tem gente que vai.. tem gente que vem..

1. Mariana foi para a Espanha - Caminho de Santiago - no momento está fazendo sua jornada




2.  Aninha partiu para o Canadá, para passar 6 meses...


Despedida de Aninha no Aeroporto em Salvador
Aninha em Vancouver

3. E para surpresa de alguns que não acreditavam no projeto, hoje Cristiano partiu para Austrália
Cristiano e Bento
4. Mais uma notícia, em 27/04/2018: Diego passou no teste para fazer Mestrado na França, na cidade Clermont-Ferrand.

sexta-feira, abril 06, 2018

Eu faço parte dessa história....

Campeonato de Canastra -2018

Como diria Valá foi uma questão de “sincronicidade”, primeiro Helena decidiu criar uma Sala Vip no Bartal, depois contratou Fernando para fazer algumas peças, e lá fomos nós para inauguração, há uns 2 anos atrás. Nesse dia passei a tarde conversando com Valá sobre mistérios da mente e da vida e naquela sala com 5 mesas redondas tivemos a ideia de um Campeonato de Canastra para relembrar os velhos tempos. Falamos com os presentes e todos se mostraram animados. 

A princípio pareceu que seria apenas mais uma  "conversa de mesa de bar" , pois apesar de eu e Fernando falarmos para alguns, não sentimos muito interesse. Posteriormente numa conversa com Leri, o rumo da história mudou, a semente estava plantada.

No ano passado Leri foi ao Bartal e ressurgiu a ideia e em outra passagem por lá para definir sua parceria com Valá, encontrou “por acaso”  com Elifaz, Babe e outros.
Daí em diante, Leri na Presidência, Fernando Vice e Isabel no Marketing, o projeto andou. A turma animou, começou a treinar. A torcida se formou. Todos queriam contribuir de algum modo. Helena se empenhou. O evento aconteceu.

O Campeonato foi um sucesso!..

Mais que o campeonato, o sucesso  foi a participação de todos, a reunião de amigos e família e o interesse despertado principalmente na turma jovem. Como foi legal ver Diego todo sério jogando, a vibração de Vanessa e Mariana, a animação de Jojô e Aninha, o interesse de Andressa e Neto.  As brincadeiras de Mauro e Davi. A seriedade de Ivan e Joana. A alegria de Naninha e Anamira, Dupla Revelação.  Leo e Alessandra que perderam todas, mas curtiram numa boa, levando na esportiva, como deve ser.

E Babe repetiu a façanha ganhando o Campeonato novamente como há 35 anos!
Muitas idéias estão surgindo para o próximo Campeonato que vamos guardando para quando isso acontecer (que não seja daqui a 35 anos!).

Campeões: Babe e Ivan. Vice: Joana e Ivan.

3o.lugar: Naninha e Anamira - 4o.lugar:Davi e Mauro





Torcida!...

Duas Duplas Simpatia

Que a turma  não perca a motivação e continue treinando para o próximo, pois a  jornada é sempre mais importante que o destino.

Fim de Festa.

sexta-feira, março 23, 2018

Mister

Nossa parceria é de uma vida,de muitos momentos bons,  engraçados ...ou não...

Robinho é aquele cara que  quem não gosta é por que ainda não conhece!

Sofre muito com as injustiças do mundo.... além da falta de troco, de mal atendimento na capital!  

Se quebrou alguma coisa, chama o Mister! Qualquer coisa o menino ajeita..... toca disco... caixa de som... mata burro... oboé... piano... motor de carro...
Ele inventou comprar um barco, o tal do Piau!... às vezes fico observando que gosta mais quando quebra do que quando navega...... A alegria de achar o problema é maior que dá a volta  ao mundo, a não ser que dê defeito!!!...
O Mister é professor nato!... 


Podia chegar e dominar o violão em qualquer festa, mas não, quer passar o instrumento para todo mundo.... 
Mister é participação!...

Toca parazulla, depois pega seu material e vai pescar siri... Toca um chorinho e vai tratar o tambaqui... 

Mister é de Fazer! ...

Se vai para um lugar, leva seu material de pesca, de som, grande, pequeno ou médio (depende do tamanho da festa) ... Ferramentas, material de comida chinesa... 

Mister é Doação!...

Além de tudo isso ainda gosta de ser sindico!... Ou seja ainda tem o dom contábil organizado!... 

Mister é Dedicação!...


Na Escola de Música, os colegas não entendem como Robinho sabe fazer tudo.... Já ouvi isso de um dos colegas!
Mister é trabalho!...



Mister é primo amado!... um primo que adoro... uma paixão eterna!
Obrigada Tia Noe e Tio Elifaz, por nos dá esse prese
nte!....


(Texto de Naninha para Robson em 22/março/2018)


domingo, março 18, 2018

Campeonato de Canastra

LOCAL:  Bar TAL

Data: 29 a 31/mar/18


INSCRIÇÕES:

1 Fernando e Lilian
2. Anete e Diego
3. Andressa e Neti
4. Leo e Alessandra
5. Noelia e Norma
6. Iuri e Alex
7, Ivan e Joana
8. Marcelo e Valá
9. Fernanda e Solange
10. Carlos e Dayse
11. Babe e Ivan Vieira
12. Mariana e Marcia
13. Joana e Ana
14. Sérgio e Eliezer
15. Mauro e Davi
16. Vinicius e Adelaide

TABELA



quinta-feira, março 08, 2018

8 de março - Dia da Mulher.

Um dia especial para celebrar a mulher... 
Dessa vez, escolhemos Noelia. Ela é forte, guerreira, sempre pronta para enfrentar o que der e vier, ao mesmo tempo é simples e delicada. Disponível para todos, sempre se coloca em último lugar. Noelia é unanimidade. Uma pessoa que nunca vi alguém falar alguma coisa que não seja elogios. Como diz Naninha, no texto abaixo, falar o que Noelia faz, dá até raiva, a gente não consegue fazer nem 10%. 




TIA NOE - texto de Naninha

Tia Noe... Nascida no Ronco... Nazaré das Farinhas...
1955 -  Jequié... 
1956 casa de D Amélia.....

Comecei a escrever o que Tia Noe faz... e não é que me deu até raiva! Não é normal... é quase o livro no recordes... Tudo MUITO ! Lava... passa... costura...conserta... cuida... dar atenção... ler... costura... faz crochê... 
dirige para lá e pra cá o tempo toooooooooooodo... cozinhaaaaaaaaaaaaaa... dar banca a menino... marido... filho... netos... eu nem vou entrar em detalhes para eu não me sufocar mais do que já estou... 
Vixe! Esqueci do jardim do Angelim...

Aquele ditado muito singelo resume muito e a cara dela " Enquanto descansa carrega pedra" , foi o ditado mais ligeiro que entendi... Resumi: Tia Noe.

Eu não entendo um negocio desse... e por favor não tentem ser como ela, É uma meta inatingível (e quem é doido!). 

Sempre foi animada... riso fácil, e quando  indignada, só faz arregalar o olho e rir escondido. Se zanga, é calada dentro do banheiro!

Não admite um monte de coisas (calada)... mas como diz outro ditado " tenho visto anta"... vai levando... superando as "mudernagens" da nova geração 
que não são poucas, dentre outras demandas...

É um cartão de crédito sem limite, todo mundo tira um tiquim... e não gera débito...  Tia Noe nunca cobra o que dá ou faz... Não é esquecimento, é dado de coração mesmo.

Da um boi para não entrar em uma briga,e milhões para sair... Acho que nunca deu nenhum boi...(motivos há de sobra)... Na verdade nem reconhece um motivo para brigar.

Não tem ai... ou ui... (isso é luxo!)

Outro dia me contou que caiu em cima de pé de espinho Quiabenta, sei lá... cada espinho tinha uns 15 cm... sem ai e sem ui... levantou... morreu de rir e de dor...alguém tirou os 600 espinhos e o trabalho continuou...

Você pede para um menino de hoje cuspir depois de uma raladura no joelho é um desatino...

É bom ter Tia Noe por perto... A tradição de que Barreto é "faz tudo.."... (para ser humilde, digo, quase tudo) deve-se a ela grande parte, pois ela é intensamente teoria e prática... teoria e prática... teoria e prática... é uma Maria fumaça em um trilho sem fim... 

É bom ter Tia Noe perto... Noelia o que vc acha? Tia Noe o que vc acha?

A experiência dela, de sua infância surreal e depois da maturidade (é por que esse pessoal não teve adolescência! ) ..fez essa mulher de hoje... Não vê dificuldade ....e aprendeu o valor de ajudar ao outro (ela ... vem depois)...

Tia Noe já me fez chorar muito, toda vez que ia nos visitar na fazenda, a sua partida era de dor...de uma tristeza sem fim. O seu chegar me dava uma esperança -de dias muito alegres - era um arco iris completo... era um ipê florido... uma chuva boa...

Nos dias que passava por lá...eu ficava olhando para ela fazendo as coisas, conversando, trazendo noticias de todos... que tia eu tenho!
Ela enchia nossa casa...dela mesma... 
como enche todas que vai........
Se algum desconhecido ler esse "conto" vai achar que essa mulher tem 3 metros de altura de puro músculo... Quantas vezes falamos... Como Tia Noe aguenta!!!!...

Tia Noe tem algo grande, um brilho...uma força - eh isso - uma força!...que deve sair nem sei de onde...deve ser da frase..." se eu não fizer, ninguém faz"
Doa o seu melhor..e não pergunta pra quem e nem pra onde!.. não tem divisão!.. tem soma!.. melhor.. multiplicação!... Não é milagre...é dedicação!....

Noelia poderia ser uma filosofia...- os noelisticos.  E nessa escola aprenderíamos a arte de ser simplesmente nós mesmos, assim como ela... !
É bom ter tia Noe por perto.....

Tia...

Muita gratidão... uma saudade inesgotável...Você merecia hoje um spa day - mas seria a mesma coisa que matar... Melhor que você viva com seus milhões de afazeres...
Aproveite mais um ditado "Enquanto o pau vai e vorta, as costas forga"

terça-feira, março 06, 2018

Até logo, Califa! Por Ruy Barreto


Como é que a gente se despede de alguém que não queremos nos despedir? É como tentar conter as águas de um rio caudaloso com nossos dedos. A água simplesmente se esvai pelos dedos sem respeitar nosso esforço. Como é tarefa impossível, não tentarei me despedir.

Prefiro lembrar daqueles momentos que alguns chamam de passado, mas que no coração da gente se chama gratidão. Foram tantos, são muitos, serão eternos.

Penso que você, Califa, não teve noção da sua importância na vida de todos que estão aqui, de outros tantos que não puderam vir e de alguns que se anteciparam pra te esperar aí, do outro lado.

Você se espalhou nessa vida como uma figueira e fez uma sombra generosa onde muitos repousaram. A esse jardim sob a figueira você chamou de fazenda Angelim. Até hoje tenho minhas dúvidas se tudo aquilo que trago na memória teria sido um truque de mágica.

Fala a verdade. Aquele rio que corria por aquele leito arenoso realmente existiu? Quem teria colocado aqueles seixos dispostos na margem? Os peixes encantados? Aqueles cavalos? Tudo aquilo existiu?

Quem escreveu em nossas memórias as viagens de Jeep, camionete, rural? Existiu uma casa antes da atual sede? Em algum momento não havia luz por ali? Confesso que tenho muitas perguntas, mas vou parar por aqui.

Não quero respostas para aquilo que não tem explicação. Mas, me diz uma coisa. Quem foi que nunca dormiu ou comeu na sua casa? Será que alguém foi privado disso? Se tiver, lamento dizer que perdeu uma bela experiência.

Como foi que você escolheu duas fadas e um gnomo como filhos, que compartilharam tudo isso com a gente?Que arte foi essa de casar com uma feiticeira que sabia todas as receitas, tinha todos os potes, linhas, agulhas, cremes, conselhos e remédios?

Até seu irmão você me emprestou para sogro, dai se transformou em pai e amigo. Você chegou numa manhã em Canaã e entregou à minha sogra a princesa que eu iria amar e me agraciar com filhos maravilhosos. Fala a verdade, tem um truque aí!

Sim, tem algum segredo que você não quis ensinar ou eu não soube aprender. Não sei se estava pronto pra você, mas você esteve disponível para mim.

Num momento crítico de minha vida, sentado na cozinha de sua casa, eu lhe trouxe um problema, era muito cedo, você acabara de pegar a garrafa de café. Interrompeu seu movimento, pensou, esticou o pescoço como quem procura um novo encaixe para as ideias e perguntou:

“você está bem? Alguém se machucou?”

Como lhe respondi que estava bem que ninguém havia se machucado. Você seguiu o movimento, colocou uma talagada de café na xícara e disse:

“tudo bem, a gente resolve isso daqui a pouco.”

Daí, você tomou aquele gole de café e até hoje eu tento beber café daquele jeito.

Me pergunto se você era como um lago.

Aquela aparente displicência parecia a superfície do lago, com águas calmas e quietas, mas que guardam um turbilhão de correntes, profundezas, deusas, sereias, monstros de outras eras e segredos desde sempre.

Havia algo de enigmático no seu silêncio. Você parecia mergulhar numa viagem inconsciente, seu corpo permanecia presente, enquanto sua alma percorria outros mundos.

Hoje você apresentou uma nova mágica, resolveu brincar diferente, viajou o corpo, para deixar sua presença para sempre entre nós.

Até logo, Califa!

segunda-feira, março 05, 2018

Adeus a Elifaz!...

Elifaz Andrade Matos (1930-2018)
Naninha e Elifaz
"Notícia de falecimento sempre esperamos mas quando chega a hora...não é fácil! 
Pensar nos abraços que não foram dados... as conversas interrompidas  por nada tão importante..... As palavras de carinho não ditas.... Mas há sempre um lado que compensa. No caso de tio Elifaz comigo, tinha  que rir das piadas....e eu ria..... 
Imitava a risada dele na frente dele e eu acho que ele não percebia... ele ria mais e mais..... e eu mais.... 

Abracei quando quis, chegava abraçava forte... ele dizia que eu matar ele assim....
Quando eu era criança diziam muita coisa sobre ele ... tinha até medo.... 
Depois do primeiro abraço que dei nele, percebi que tinha muitos abraços que estavam guardados para todos.... 

Discuti algumas vezes...  Ele me chamava de chata quando eu dizia que estava ficando barbeiro...... Eu ia deitada na caminhonete com vergonha...pois o povo ia xingando a gente de Itapuã à Graça .....e ele? Nemmmm tchummm....

" Naninha vamos ali comer o melhor acarajé da Bahia".... Eu falava que não gostava na lagoa do Abaeté... ele retava.

Ficamos muitas vezes sentados no 904....enfiando bufa no cordão.... 
Ele contava sobre a viagem da Europa... sua vida de médico.....
"Meu tio, o Sr foi a Europa há muito tempo... melhor não discutir esse assunto com estranhos" ... "menina besta!"

Eu gostava de ficar lá no 904... o telefone tocava não mais que duas vezes... e ele era o telefonista da casa" alô"! ... Uma vez uns amigos americanos de Lilian ligaram  ele falou inglês... quase morri de rir.... Ele só falou ...que é menina besta?! Seu tio é retado!.....

Com o tempo foi  ficando emocionado ao contar sobre sua infância, seus pais.. sentia e reconhecia o quanto foi difícil e heroico....

Na fazenda gostava de mostrar tudo que tinha... e até o que  imaginava que era real... E sem pestanejar eu falava "poxa o Sr é retado" (adjetivo de alto poder). O imaginário virava real.....o real ...surreal.....e por aí vai....eu via até colonhão de três metros e tudo verde....E por que não?

Muitas histórias são clássicas.... 
Califa moeu mais de dois sacos de milho em um máquina de sem perceber....
Entrou no apartamento da vizinha achando que estava na casa de vó Nicacia... sentou e pediu café....
Quem não lembra que ele descansou o braço no bolo de natal....

Quantas vezes maquinamos um jeito dele não ir embora?
Ele tinha um jeito.....peculiar...Partiu.......nos deixou......
Deixou seu legado......filhos e netos...

Deixará saudades enormes... não quero substituir... 
quero a saudade comigo....     "Minha saudade..." 

Deixará o banco da cozinha  perto da porta vazio.....
Deixará o silêncio do "alô"...
Deixará o Angelim órfão...
Deixará as panelas da cozinha silenciosas...
O velho jargão: " vumbora Noelia"  silenciou...
Deixará em todos nós a sensação... ou a certeza... que valeu  a pena tudo que passamos juntos...Tio você sabe "né"?... Até um dia!"
(Texto de Naninha)

Elifaz e sua neta Vanessa



"Elifaz Andrade Matos. Há 2,5 meses internado, hoje pela manhã o seu coração não resistiu e chegou a sua hora. Estava consciente o tempo todo e repetia constantemente:
 "Para que essa rede armada, com tantos sonhos perdidos?" Ele tinha sonhos para viver além de 100 anos. 
Resta-nos relembrar da sua alegria de viver, de suas risadas e das suas histórias. Descanse em paz meu pai e que Deus te dê força nessa passagem para a nova vida. Hoje é dia de festa no céu".  
(Texto de Ivana)





"É tio, vc cumpriu seu tempo. não partiu...encantou-se, como bem disse Guimarães Rosa.  A vida lhe foi generosa!!!!
A criança de fazenda, tinha um sonho grande, e cedo traçou suas metas e objetivos: tornou-se medico numa época onde poucos chegavam a esse resultado. Viajou para Europa e quem nunca o ouviu contando esses causos é porque não conviveu com vc. A obstétrica foi sua escolha e eis que eu vim ao mundo por suas mãos!!!! Sorte a nossa heim?!!
eu ainda era pequena, mas me lembro bem de como vc me acolheu na sua casa em VDC e aquele foi um ano tão bom para mim!!!! lembro das viagens para a fazenda onde éramos transportados feito "gatos num balaio" , apinhados no fundo do carro no meio de muitas bagagens....e vc com aquela animação peculiar, com sua risada engraçada, definindo rotas, apontando caminhos muitas vezes no meio da chuva e com lama até as canelas! Como nos divertíamos não?!! E como esquecer das férias no Anjelim!!!  Aha ...as tao sonhadas e esperadas férias no Angelim!!! Hoje, como adulta, fico imaginando como vc aguentava tanta gente na sua casa, pois não  recordo de reclamação ou rabugice da sua parte....
E o que tinha de tão especial no Angelim?!! Ah eu vou contar ...no Angelim tinha comida gostosa feita no fogão a lenha ...tinha pescarias de montão, banho de rio e de cascata...tinha a casa de farinha, requeijão quentinho no tacho, tinha a olaria, os passeios a cavalo, o papo na rede e as conversas que varavam a madrugada!!! La menino corria solto e voltada das férias todo ralado e comido de carrapato, mas cheio de vida e como muitas aventuras pra contar!! E ainda tinha o namoro entre primos que de tão bom resultou em casamento!!!!!
Viemos estudar em Salvador e o 904 abrigou tantos de nos heim?!! Tinha o quibe de Zelia, o jogo de baralho, as viagens para a praia ...digo viagem porque naquela época, ir a PLACA FOR por exemplo, era uma verdadeira viagem!!!
No nosso último encontro vc me revelou seus últimos desejos:
pra comer: pirão de verdura, pirão de rabada, pururuca de porco! como sempre, fiquei babando!!!
Um novo projeto? Sim...vc tinha vários ...pra vc e pra quem mais quisesse!!!" 
(Texto de Haydée)

Pai
Gostava de tudo organizado e certinho. Um bom chefe de família. Se formou em medicina com 28 anos e depois foi para Vitória da Conquista onde fundou, com alguns parentes e amigos, a Casa de Saúde São Geraldo. Trabalhou muito e com nossas economias e a herança que obteve de seu pai, adquiriu uma fazenda no sul da Bahia.

Se preocupou ao extremo com a educação dos filhos e o conforto da família.  Combinou muito bem com minha mãe e os dois, juntos, ensinaram, aos três filhos, os melhores valores da vida: honestidade, integridade, dignidade e humildade. Foi também muito solidário com  parentes e amigos.

Para ele bastava a palavra para fechar um negócio. Não gostava de cheques pré-datados. Ficava preocupado em morrer antes da pessoa sacar o cheque no banco.!! Quando tinha que honrar um compromisso não deixava ninguém dormir, pois se aprontava horas antes. Só relaxava depois do dever cumprido.

Tinha uma auto-estima elevada e tinha  um grande apreço pela vida. Gostava de ouvir música, de dançar e contemplar a natureza. Quando foi perdendo a visão falou com o oftalmologista: basta eu ver o mar e ficarei feliz.
Foram três irmãos que se foram nos últimos 90 dias: meu pai, Tio Eliu e Tio Abmael. O céu deve ter entrado em festa recebendo esses três irmãos. Tão unidos....

Nas últimas semanas passou a falar da brevidade da vida e do tanto que deixamos por fazer e disse: de que adianta essa rede armada, para tantos sonhos pedidos?
Este  é um pouco de quem foi meu pai.
Aqui prestamos essa homenagem ao lado de nossos parentes e amigos.

Muito obrigada,  
Lilian    


Elifaz e sua sobrinha-neta Julia Licia (copiada do Facebook)

Celebrações

Em Conquista, festa pela formatura de Aninha, em Administração de Empresas.


Em São Paulo, Melina Risso defendeu tese de doutorado, sendo aprovada com louvor.

Festa e Culto pelos 90 anos de Adelita. 
Fernando foi o único representante dos Barretos no evento.

quinta-feira, fevereiro 15, 2018

Nota de Pesar: Abimael Matos, aos 73 anos




Faleceu na manhã desta quinta-feira (15), aos 73 anos, Abimael Andrade Matos. Arquiteto, Abimael foi um dos colaboradores da Prefeitura de Vitória da Conquista e ganhou destaque nas gestões dos ex-prefeitos Guilherme Menezes de Andrade e José Raimundo.

Juliana, Abimael, Neusa e Rodrigo

(Fonte: Blog do Anderson)


Apenas 3 meses após despedirmos de Eliu, agora nos despedimos de Abimael, que foi nosso companheiro na Caminhada Primeiros Passos, do Brejão para o Angelin. 

Bem-vinda Tainara!

Dia 09 de maio de 2018,  nasceu Tainara,  filha de Alex e Liliane.