sexta-feira, abril 18, 2014

O Bob Dylan Brasileiro?

Como sempre, aproveitei minha viagem ao Rio para comprar DVD de musica brasileira. A vida em Greenville City USA e boa mas nao tem shows, teatro e outras atracoes da cidade maravilhosa. A maneirra que sobrevivo e tendo uma colecao de DVD de shows, rock USA e Brasil.

Hoje de noite eu e uma garrafa de vinho escutamos um show de Ze Ramalho gravado em Sao Paulo em 2005 no teatro Olimpia. O DVD e otimo pois a qualidade tecnica 2005 e boa, e Ze Ramalho ainda nao virou Beto Guedes (devagar quase parando).

Eu sempre gostei de Ze Ramalho, mas 2 coisas se sobressairam no show. Ele tocou "Batendo na Porta do Ceu" que e uma traducao de "Knocking on Heaven's Door". Em segundo lugar, ele tocou "Sinonimos", que ele gravou com Xitaozino e Xororo.

Da coisa um eu conclui a principio que Ze Ramalho era o Bob Dylan brasileiro. Depois analisando (com ajuda do vinho), conclui que Ze Ramalho e mais que um acessorio de Bob Dylan!! O Brasil pode nao competir com USA em economia, mas culturalmente nos garantimos nosso espaco. Depois de todos estes anos de USA, eu aprecio Bruce Springsteen, Rolling Stones, Jimmy Hendrix e outros. Mas o Brasil tambem tem uma longa lista de artistas criativos: Ze Ramalho, Elomar, Caetano, Gil, Luis Gonzaga, etc. Nos temos muito de que nos orgulhar!!!

Da coisa 2, voltei a reforcar que da nossa atitude elitista estamos perdendo muita coisa boa. Depois de "Sinonimos", uma musica linda, eu vou sair na captura de Xitaozinho e Xororo!!

Pra Frente Brasil!!!

Lula (dasequacao)

Lara e o berço...

Eu moveleiro, juramentado e sacramentado, sou oficialmente o cara que desenha, projeta e fabrica os berços para a maioria das crianças da família, isto é, para os mais íntimos.

Para relembrar alguns:

- Vanessa, filha de Ivana, que provavelmente foi usado também por Gabriel e Andressa.
- Bia, mais tarde, Let
- Maria Julia
- Tom
- Enrico
- Joaquim
- Nanda e Duda
- Aliane, filha de Alex
- Laura, filha de Zezinho.
Berço de Maria Julia - Detalhe: Violão

Isto falando da nova geração porque, se não me engano, esta história começou com o berço de Daniela Risso, em 19...


Agora com o nascimento de Lara, fui deixado para trás... e este post seria para registrar o meu protesto, porém não foi necessário, pois quem fez o protesto foi a própria Lara que até o momento não dormiu nenhuma noite no "berço de ouro" que compraram para ela....

terça-feira, abril 15, 2014

Concerto de Violões


Registrando aqui o concerto da Orquestra de Violões da UFBA, que tem coordenação do Professor Robson Barreto, realizado no último domingo na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no Pelourinho.



  
Não foi possível uma concentração na música, pois havia na platéia uma senhora com um menino, de no máximo dois anos, que perturbou o tempo todo, desviando a atenção do público.
Eu geralmente me irrito profundamente com este tipo de comportamento, mas fiquei refletindo durante o evento.
O concerto era aberto ao público, numa igreja em pleno Pelourinho. Havia pessoas, é claro, que não tem a mínima ideia do que é um Concerto. Por que então esperar comportamento de japonês no público baiano?. 

Para completar era domingo e mais, Domingo de Ramos, data especial para os católicos. Quase ao final, alguém veio falar com a mãe da criança e ela respondeu que estava lá para a Missa e que o menino não estava chorando, ele simplesmente estava brincando.
Dei-lhe toda razão...  

Além de que, mãe e filho eram negros, e estávamos na Igreja Rosário dos Pretos.

(Um pouco de História: No Brasil Colônia os os negros, escravos e alforriados, eram devotos de Nossa Senhora do Rosário e a veneravam num altar da Sé da Bahia, em Salvador.  Como outros grupos da colônia,  os negros  também se organizavam em irmandades ou confrarias.  A Irmandade de Nossa Senhora do Rosário foi formalmente constituída em 1685 e em 1704  reuniu o dinheiro e conseguiu  permissão do arcebispo,  para a construção de uma igreja própria nas portas do Carmo. A construção da Igreja do Rosário foi um processo lento, pois a irmandade era relativamente pobre e os irmãos da confraria doavam seu trabalho para a construção em suas horas livres.)

De qualquer modo o Concerto valeu e valeu muitíssimo inclusive para o público despreparado,  afinal, uma caminhada começa com os primeiros passos ..
Que o Festival Artes do Sagrado seja o primeiro de muitos..




segunda-feira, abril 14, 2014

Aniversário de tia Ana (irmã de painho) em Belém

Festas de 50, 60, 70, 80,  reuniões famíliares, gosto muito.
Tia Ana, irmã de painho fez 80 anos. E foram todos os filhos, genros, noras e netos.
Os filhos, maridos/esposa e netos (uma dúzia).
Ivo e Teca : Manoela e Vitor
Ivete e  Ailton : Danilo e Juliane
Iara e Giovanni : Giovanni, Rafael e Luisa (Moram em Manaus)
Irene e Siqueira :  Alexandre, Bianca e Alyrio
Alyria e Marcos : Gustavo e Eduardo (Moram em Porto Velho)

Os irmãos já faleceram quase todos (tia Auta, tio Francisco, tia Nilza e painho).

Do restante da família foram:
Tia Nilva (irmã), tio Inocêncio, Celinha, Klaus, Luisinho, Simone, Ana Luisa, Lulu - Minas
Mainha, eu, Diego, Serginho, Anamira, Aninha, Malu, Leninha, tia Gresse, Adriana, Sabrina, José Roberto e Morgana - Bahia.

A festa foi na sexta feira, cheguei no sábado 2 horas da madrugada e acreditem , o pessoal me esperou na festa.
No sábado teve almoço na casa de tia Ana, pato ao tucupi e os netos fizeram uma linda homenagem com um vídeo de ficção "O sequestro da vovó", muito lindo, para  fazer o resgate tiveram que dançar, fazer um bolo de cenoura e por último postar um vídeo no Youtube.
De tarde fomos passear no Teatro da Paz, no Mercado Ver o Peso, etc...
De noite fomos comer camarão ao bafo e depois fomos em um bar/boate Casa das 11 Janelas, sensacional.
No domingo um churrasquinho na casa de Irene e Siqueira e de noite fomos nas Docas, são galpões que transformaram em bares e que tem palcos móveis com música ao vivo.

Infelizmente tive que voltar hoje (segunda) de madrugada pois tinha que trabalhar. Serginho e cia vão passar a Páscoa por lá.

E o sorvete de lá que delícia...



Café da manhã no Hotel : eu, Klaus,
Celinha, Diego e Anamira



Foto: Camarão nosso de cada dia.
Camarão ao bafo


Celinha, Ana Luisa, Simone, eu, Ana e
Anamira



Os homens no Teatro da Paz
As mulheres no Teatro da Paz



No mercado
Vista do rio
A aniversariante - 80 anos
No mercado


A turma de tia Ana
Malu, Aninha e eu nas Docas

sexta-feira, abril 11, 2014

Primavera no Texas! Pólen & Crawfish!

A primavera começou! Flores, céu azul, temperatura agradável! MARAVILHOSO! Será???
Seria assim se não fosse um detalhe...o pólen! Aqui em Houston a primavera é uma estação linda...fica tudo florido mesmo..igualzinho aos livros! Mas do outro lado, aqui tem o pólen...
Sintomas: dor de cabeça, garganta e nariz coçando, nariz congestionado, tosse seca!
Agora vem a minha historinha depois de 4.5anos morando aqui no Texas! Quando começa o "allergy season" (estação da alergia) aqui no Texas isso é levado a sério...todos relembram que está começando o período do pólen, etc e etc. E euzinha aqui...achava isso a maior frescura! Alerta de alto índice de pólen! Fala sério né?! (rsrsrsrsrsrs) Eu fazia a maior gozação dos americanos por causa do coitadinho do pólen! (viram o detalhe do verbo? FAZIA...)

Já fazem uns 2 anos que essa Sergipana aqui já se rendeu ao pólen! É isso aí! Corro do pólen, fico mal, tomo remédio mesmo!
Mas esse ano o negócio foi feio! Já faz mais de 2 semanas e ainda estou mal!
Moral da história: Respeita o pólen! Ele é lindo...mas é um BANDIDO!

Ah, mas além do pólem na primavera tem Crawfish! (Acho que no Brasil seria lagostin). Eu ADORO!
Eles fazem bem apimentadinho...não tem tanta carne...mas acho uma delícia! E o negócio é sério. Tem festival de crawfish em vários lugares! Olha ele aí:

Crawfish com milho, laranja e batata cozida

Os Americanos servem assim...na mesa! nada de prato

Festival de crawfish! Olha a panelinha!

Feliz Páscoa!!
Um beijo!
Rose



quarta-feira, abril 09, 2014

Os filhos de Nica

Hoje me perguntaram quantos irmãos minha mãe tinha. A conta que sei são que 12 vingaram de 15 partos. Ainda ouvi histórias de vovó Nicácia de seus partos, como o de Zéu que saiu um líquido esverdeado. Zéu não nasceu, escorregou.
Tive que parar um pouco para lembrar de todos e seus filhotes



Minha Mãe
Eu, Rui e Serginho



Bel, Fernando, Tia Noe, Mainha,
Ivana, Lilian e Robinho
Tio Edinho, eu, Diego, tio Nilson e
Mila
Mainha, eu, tia Noe, Lila, Charles, Tio
Edinho, Tio Nelson e Serginho.




Tio Nelson, painho e tio Edinho


Tio João
Eu, vovó Nicácia, Quito e Sérgio




segunda-feira, abril 07, 2014

quarta-feira, abril 02, 2014

Aniversario de Paula - 3 anos

Quem faz parte do Facebook já deve ter visto as fotos do aniverário de Paula. Fizemos o aniversário aqui em casa e convidei os amigos dela de escola. Até show de fantoche teve, e as crianças adoraram. Pois é, estamos ficando profissionais em aniversário de criança nessa casa. O tema foi Minnie Mouse, um dos personagens favoritos de Paula nos últimos meses. 

Depois do sufoco do primeiro ano, e dos "terrible twos", como se fala por aqui, acho que chegamos num período de calmaria agora que Paula está na faixa dos 3 anos. Dizem os entendidos que daqui até uns 10 anos passaremos por uma fase maravilhosa, e quando chegar nos "teens" a coisa desanda de novo. Paula adora ir para a escola e já está conversando um bocado (quer dizer, nem conversa tanto, mas para os padrões dos Neves-Oliveira até que ela conversa muito). 

Paula e Elisa se dão muito bem, na medida do possível. Elisa quer pegar em todos os brinquedos de Paula, e Paula inventa que quer brincar justamente com o brinquedo que está na mão de Elisa, o que gera bastante frustração em todo mundo (incluindo nós). Elisa já está com quase 11 meses, e as coisas melhoraram muito agora que ela dorme a noite inteira e tem os horários mais previsíveis. Acabou o sufoco dos primeiros três meses, e bota sufoco nisso!

Aqui vão umas fotos.

Paula & Elisa

Bolo da Minnie




As meninas (e Eduardo) esperando o show começar

Show de fantoche

Os parabéns




De Querida Mamãe ao Gávea


Fomos assistir a peça "Querida Mamãe" no Shopping da Gávea. Mariana já tinha comprado os ingressos no Peixe Urbano (de R$ 60,00 por R$ 22,00). Resultado, a peça não está passando esta semana.
Esperamos, eu e Mariana, Naninha chegar e fomos para um barzinho colocar as fofocas em dia.
O restaurante que a gente gostou estava com fila (Guimas) então sentamos no Pe'ahi que é de comida japonesa, muito simpático. Sentamos no passeio em uns futons no canteiro da árvore. Descobri que a Gávea é minha cara, bem mais que Ipanema.

terça-feira, abril 01, 2014

Jacaré no Rio : )

Ontem nos reunimos na Devassa de Ipanema.
Sentimos falta de Cris e Nana que estavam esgotados depois de um dia de turismo. Diego tbém não compareceu pois um amigo chegou de SP e ele não é muito de sair tbém. Pat e André, já sabe, quem tem filho fica difícil.
Muito agradável um papinho de final de noite, tomando um chopinho e fofocando. Isto não tem preço. Lulão volta hoje para os EUA.
Ele passou o fim de semana em Búzios com Jairo.
Isto era para ser um selfie, mas meu braço é muito curto

Eu, Jairo amigo de Lula, Mariana e Lula

segunda-feira, março 31, 2014

Notícias atrasadas

Com o face, o pessoal tem esquecido de postar no Caravana (inclusive eu).
Mas vou postar algumas fotos/ocorridos atrasados.

01 - Aniversário de Pat
Mainha ainda estava aqui no Rio. Foi em um sábado 15 de março.
Fomos todos a Lagoa almoçar em um restaurante italiano. A foto que tenho deste dia não é da aniversariante, mas do filhote que tirei quando fomos brincar.


02 - Picnic no Parque Lage. No domingo depois do aniversário. Com direito a espumante, muita comida e muiiitoo calor.





 




03 - Aniversário de Robinho, dia 22 de março no sábado.
Este não pude ir pois teve uma reunião de integração na empresa, já tinha até comprado passagem, afinal 50 anos não são 50 dias.
Esta comemoração está pendente.

 

 04 - Sábado (29/04/2014), a reunião foi lá em casa em homenagem a Naninha. Olha que beleza os primos reunidos. André, Eu, Naninha, Pat (primos carnais). Mariana, Tom e Diego (segundo grau). E rolou muita fofoca.

As fotos abaixo registra o momento único, mas o interessante da sequencia é: como tirar uma foto com uma criança querendo brincar de esconde esconde. No final Cristiano pegou à pulso.



Cadê Tom?

Cadê Tom

Cadê Tom?
Olha ele aí, graças ao jeitinho da mãe.

Cristiano jogando duro.