segunda-feira, maio 02, 2016

CINCO RITOS TIBETANOS

Conheci Geraldo quando estava na faculdade e fomos aprovados num concurso para nos tornar programadores. Trabalhamos juntos e ficamos muito amigos. Depois, eu permaneci na área de informática e ele preferiu ser engenheiro. Perdemos o contato cotidiano, mas ao longo destes anos de vez em quando, eu e Fernando nos encontramos com ele por puro acaso e  sempre foi marcante. 

A primeira vez, nos anos 80, ele nos contou de sua  “amizade colorida” com a própria esposa, isto é, cada qual vivia num apartamento e “ficavam” quando estavam a fim de ... No resto do tempo, total liberdade para ambos.
Depois se juntaram novamente e foram para Alemanha onde passaram 5 anos.
Nós nos encontramos posteriormente num Carnaval, na década de 90, e as filhas dele já eram adolescentes e para a nossa surpresa, a esposa dele bem liberal com as meninas e ele controlador, mas se justificou dizendo que antes ele era consumidor e agora havia se tornado um  fornecedor.

Já neste século, eis que encontramos Geraldo num Shopping e neste dia ele nos falou dos Cinco Ritos Tibetanos do qual ele era seguidor  há vários anos. São 5 exercícios antigos que eram praticados por monges tibetanos e que prometem mil maravilhas: saúde, equilíbrio de peso, flexibilidade, energia, disposição, sono profundo entre outros. O livro que ensina os exercícios foi traduzido aqui no Brasil como A Fonte da Juventude (Peter Kelder), título este que Geraldo achou inadequado. Na época comprei o livro e até tentei praticar, mas não fui adiante.

Recentemente eu e Fernando nos batemos com Geraldo numa Pizzaria e como sempre aquela festa, muita gozação e muita risada. E ele continua praticando os cinco ritos e falando dos resultados maravilhosos que ele sente. Ele que é engenheiro mecânico, desenvolveu e patenteou máquinas para a prática dos ritos, que segundo sua experiência, potencializam os resultados. 


Para quem se interessar pelo assunto:


4 comentários:

Bete disse...

Geraldo envelheceu?

Bel B disse...

Bom, ele é magrinho e baixinho como sempre foi, e agora está com a cabeça raspada, técnica que os homens usam para não mostrar o cabelo branco...
Comparando com a maioria dos meus colegas de Faculdade que encontro, realmente ele está bem conservado... rsrs

Igor Matos disse...

Foi meu professor na escola de engenharia.

Igor

Fernando disse...

A todos

Envelheceu,parece um mico,estar corcunda e se achando garotão.

É um artista,mesmo assim é meu amigo.

Fernando