domingo, junho 21, 2015

O TEMPO NÃO PARA

Quando assumi este blog em Junho de 2010 escrevi um post:

Bodas de Coral- Fernando e Isabel– paciência e persistência – 35 anos de casados.



Agora - Bodas de Esmeralda (14/06/1975)  -  paciência, tolerância e resiliência.

Paciência
“E o mundo vai girando cada vez mais veloz
A gente espera do mundo e o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência
Será que é tempo que lhe falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara” (Lenine)

Tolerância
"A lei de ouro do comportamento é a tolerância mútua, já que nunca pensaremos todos da mesma maneira, já que nunca veremos senão uma parte da verdade e sob ângulos diversos". (Gandhi)

Resiliência
Capacidade de se recuperar de situações de crise e aprender com ela.

Coloquei no Facebook a seguinte mensagem:

“Ainda que houvesse paciência, tolerância e resiliência (necessárias, mas não suficiente) nada seríamos se não houvesse amor”...

Alguém disse que eu estava romântica... Para mim apenas uma reflexão após 40 anos de casada e mais alguns de namoro.
Pois é, se não houvesse o amor.... Não aquele amor que faz o coração bater, que causa sensações estranhas, tremores e palpitações. Este é paixão, é TOC, dura no máximo três anos.

Se não houvesse amor,  como suportar a tal da convivência que desencanta, que desmitifica?.  Se não houvesse amor, como a gente poderia se ajeitar, se acostumar, aparar as pontas, se encaixar no próprio espaço e deixar o do outro?. É preciso amor...

Para finalizar um poema...

Não existe dificuldade que amor bastante não possa conquistar;
Nem enfermidade que bastante amor não possa curar;
Não há porta que não se abra, com bastante amor;
Nem abismo que, com bastante amor, não se possa atravessar;
Nem muro que, com bastante amor, não se possa destruir;
Nem pecado que, com bastante amor, não se logre redimir.

Não importa quão profundas raízes tenha o problema,
Nem o desespero das perspectivas, nem o turvo do conflito,
Nem a monstruosidade do erro cometido.
Com bastante amor, tudo se dissolverá;
Se você pudesse apenas amar suficientemente,
Tornar-se-ia o Ser mais feliz e mais poderoso do mundo.
(Emmett Fox)


5 comentários:

eleusa disse...

Fico muito feliz por vocês e principalmente em saber que o tempo não pára só prá mim.

Fernando disse...

Conviver é uma arte...........lá vai a receita.

Não discutir relação.
Todos têm razão
Não acumular graveto
Problema grandes resolver a dois.
Ser um pouco palhaço
Ser alegre
O mais importante é saber cozinhar,servir,receber e envolver em tudo aquilo você possa ajudar,sem cobrança.
Não esqueça que 1+1=1 se tiver filho o resultado é sempre 1.

Bel B disse...

Só esqueceu de dizer: trocar a decoração do quarto de vez em quando... Nós mudamos umas dez vezes, o que dá uma média de 4 anos...

Fernando disse...

Vale a pena trocar tudo..............nunca a mulher.

Fernando

Alvaro Risso disse...

Gostei da idéia de mudar a decoração do quarto para manter o casal. Parabéns a vcs dois. Só uma observação: para os crentes, o tempo pára quando se morre, pois na eternidade ele não corre.