sábado, janeiro 25, 2014

Pequim

Gostei muito da cidade apesar de haver muitos "não lugares", como chamam os lugares que são iguais no mundo todo (shopping centers, MacDonalds etc). A arquitetura é audaciosa, mas há algo estranho. Os prédios residenciais construídos pelo Estado, naturalmente, estão vazios. Há uma cidade que o Estado resolveu construir próximo ao inicio da muralha na qual ninguém mora.

As coisas são curiosas no que tange à realidade, uma vez que são comunistas e controlam a informação, confiscam ganhos (como o projeto de lei ora em tramitação - PLP 134/2004- aqui em Banânia, caso o PT vença as eleições) e inventam a realidade que lhe aprouver. A alunissagem do Coelho de Jade na Lua foi noticiado, mas não há filmes, há desenhos animados mostrando como foi e isso virou realidade, tão real quanto os apresentadores do "Jornal Nacional" que fotografei no hotel em Pequim.

Acima prédio da estação de televisão estatal - são oito canais. A mídia é rigorosamente controlada, não se pode acessar blogspot, nem facebook e o google é muito instável, acho que depende do humor do censor.
 
Prédios de empresas estrangeiras e chinesas no centro financeiro.

Como estava muito frio, tirei as fotos com as janelas do carro fechadas.
Troca de guarda típica na cidade proibida.


William Bonner na CCTV (Chinese Channel). Aqui não tem BBC, CNN ou qualquer outra rede de TV ou informação.
 
 
 

Nenhum comentário: