sábado, janeiro 25, 2014

O Proximo Presidente

Mesmo como cidadao americano, por manter a cidadania brasileira, eu vou ter que votar para presidente em outubro. Tambem, como meus amigos e parentes reclamam continuamente do PT, assumi a responsabilidade de usar meu voto responsavelmente para aliviar o sofrimento.

Como ja sabemos que o PT e ruim, cabe a nos escolher um candidato para que como cidadao responsavel nao so vote mas trabalhe ativamente para ajudar a eleger. Por isto, como bom cientista passei a estudar o assunto.

Primeira parte e fazer uma lista de candidatos viaveis, por exemplo, Fernando Gabeira e porra louca desde o meu tempo e nao vai conseguir voto suficiente. Com a triagem sobraram 3 candidatos viaveis: Dilma Roussef, Aecio Neves e Eduardo Campos. E importante notar que Eduardo Campos se associou com Marina Silva que teve uma votacao significativa na ultima eleicao.

Com a lista de candidatos passamos a fazer 2 analise separadas. Primeiro se a pessoa e programa de governo sao bons, vale a pena ter como presidente. A segunda analise e se tem condicoes de ser eleito.

Qualidade dos canditatos:

Dilma e mais facil pois os resultados estao ai. Bem fraca, inchou o governo com gente, esta comecando a ameacar o equilibrio economico que Lula herdou de FHC, e esta caminhando na direcao de um socialismo incompetente.

Aecio Neves: Tem um bom curriculo, foi um bom governador de Minas Gerais em termos fiscais. O problema e que sendo eleito pelo PSDB vai ter que alimentar os interesses do partido.

Eduardo Campos: Tambem teve bons resultados em Pernambuco, mas alem da carga de alimentar o interesse do partido, tambem vai ter que agradar Marina Silva. O programa de meio ambiente populista "fim do mundo" de Marina Silva se levado ao extremo pode ter custos sociais e economicos muito grandes.

Avaliei os candidatos lendo seus sites, agenda politica e outras fontes no Internet. A primeira conclusao se aplica aos 3: "Rolando Lero", escrevem plataformas abstratas que nao apresentam nada objetivo, tudo subjetivo, nao querem assumir compromisso e falar bonito como Rolando Lero.

Dilma: Ta na cabeca e vai continuar, sera reeleita por 2 razoes. Primeiro, e a presidenta atual, a inercia e grande, os programas sociais do povo ganham muitos votos. A segunda razao e Lula. Lula fala  a linguagem do povo, portugues errado e promessas concretas que raramente mantem. Em 2002, o mundo empresarial morreu de medo de Lula pela promessa de salario minimo de 1,000 dolares. Nao aconteceu nunca e vida continuou, mas ganhou a eleicao.

Aecio Neves: Nao tem promessas concretas, vai brigar com Eduardo Campos pelo voto da elite, mas nao tem penetracao com a classe baixa.

Eduardo Campos: A associacao com Marina Silva pode trazer um contacto melhor com o povo. Marina e quem conecta melhor com a classe baixa, ela faz promessas concretas.

Conclusao: Eduardo Campos tem uma pequena chance se souber usar a receita e cacife de Marina, fora disto Dilma na cabeca.

Acho que nossos politicos precisam estudar a historia e aprender. Collor foi eleito prometendo acabar com os marajas e outras coisas, isto e, promessas objetivas que o povo compreende. Hugo Chavez ganhou sua primeira eleicao contra uma loira de 1,80 de altura ex-miss universo, em um pais de indios. Eu com toda educacao tive problema entender as "plataformas" imagem o povo.

Lula (dasequacao)




7 comentários:

Bel B disse...

Eu por enquanto estou no bloco dos indecisos, mas acredito na reeleição de Dilma, infelizmente.

Anônimo disse...

Ô Bicho, até que tu tens alguma razão, mas, observe:

1. Se "correr o bicho pega, se ficar o bicho come";

2. Todos os citados a pré-candidatos são "farinha do mesmo saco", como diria o teu avô;

3. Não existe oposição na política brasileira, exceto o deputado capitão Jair Bolsonaro;

4. O neto de Miguel Arraes, que dizem ser pai de Chico Buarque - entende-se porque o cara mora em Paris e vive lambendo as botas dos Castros - ao associar-se a Marina, uma incapaz, confrontará dois problemas:

Primeiro - Terá que “suar a camisa” para aprovar projetos de infraestrutura que possam transformar este país;

Segundo - Já declarou que pretende "estatizar" empresas, e "tomar fazendas", retornando aos anos 1960.

5. Antes dos governos militares quando um governante brasileiro ia a Washington dizia-se que “foi passar o pires” para conseguir algum dinheiro. Depois de um longo período de arrogância, especialmente depois do PT, falou-se que o Brasil não precisava de ninguém. Essa semana, a presidente foi, exatamente “passar o pires”, em Davos, mas como lá só tinha investidores da estirpe de George Soros, ficou com abanando as mãos e o pires caiu. Espere o que vem pela frente.

Mas, meu caro, acredito que o candidato “menos ruim” será o Aécio Neves, pois já demonstrou ser um bom administrador, tem uma aura de bom negociador, podendo, assim, conseguir apoio político – sem mensalões – para administrar o destino dos brasileiros. Além do mais, não aguento mais esse PT!

Luladasequacao disse...

Prezado Anonimo,

Gostaria de ter seu nome para agradecer sua colaboracao.

Voce apresentou bons pontos sobre a capacidade de Eduardo Campos de governar bem. Eu considerei marina como um problema, mas nao sabia que estava levando o "Socilista" do partido tao a serio.

Neste caso nos sabemos que o nosso candidato e Aecio Neves. O problema agora e como convencer Aecio a fazer campanha para o povo. Ele precisa falar portugues errado e fazer promessas concretas. Exemplos do que deu certo antes.

1 - Acabar com os marajas (Collor)

2 - Salario minimo de 1.000 dolares (Lula)

Quem esta ai provavelmente tem outros exemplos bons.

Leon Risso disse...

É tia Bel, estou no seu bloco e concordo com vc
!

Leon Risso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Eu sempre voto num tal de NULO e o cara nunca ganha ;(

O Provocador

CB disse...

Minha analise é a seguinte, são três quadrilhas em destaque: a que um dia foi fodida e está se dando BEEEEMM, a que um dia se deu Bem e agora está fodida e a que é fodida e está doida para se dar BEM. Esqueça a analise dos planos de governo, Dilma disse que não ia vender o "filé" do petróleo e vendeu sem dar a mínima. Continuamos cercados de enganadores bons de discurso que vão rir de nós, uma quadrilha vai rir em Paris, a outra em Cuba e a terceira nos EUA. Eu votarei na quadrilha "parisiense", mais competente e leva os trabalhos a sério, em todos os sentidos.