quarta-feira, janeiro 09, 2013

Já imaginava e sabia que estava mais do que "cheinha"

Depois que Anete publicou seu resultado pos Vigilantes do Peso, não poderia deixar de publicar a minha história. Segue abaixo texto que entreguei ao Vigilantes do Peso. O qual nunca tinha feito e adorei! Tanto é que chamei todas as minhas amigas para entrar no Vigilantes, pelo menos 1 ficou e comprovou o resultado. INCRÍVEL!!

Vigilantes do Peso: sucesso comprovado!
Relato da associada Patrícia de Menezes Barreto
Início: 28/03/2012 – Peso:  81,5Kg
Atual: 22/12/2012 – Peso:  65,5 Kg
Sou Vigilante do Peso há 9 meses e posso dizer que me reencontrei depois de ter tido o primeiro filho aos 41 anos. Nunca fui glutona, praticava atividade física com frequência regular, mas depois da maternidade passei a comer muito e sem critério, algumas tentativas de fazer exercícios físicos em academia sempre ficavam em último plano. Escolhia sempre os caminhos mais curtos para não cansar. Eu cansava ao subir um lace de escada, quase nem falava. Cansava quando oferecia um almoço em minha casa para várias pessoas, sentava no final da tarde sem voz. Pensava que estava ficando velha.
O alarme vermelho aconteceu depois do verão de 2012 quando subi na balança e quando o número estava passando do máximo que eu previa... pulei. Sim, eu pulei da balança, não queria constatar que havia passado e muito do peso máximo que eu “achava” que estava.
A solução veio na semana seguinte de forma despretensiosa: encontrei-me com uma amiga que falou que estava no Vigilantes do Peso e que estava gostando muito, principalmente pela facilidade de frequentar às reuniões, perto do trabalho, e cumprir o programa Pro Pontos. A proposta do programa me encantou, pois não me privaria de nada, é somente escolher o que vale mais a pena.
Comecei a frequentar as reuniões e na primeira semana me livrei de 1,7Kg, daí não parei mais, já reduzi 16Kg e 18 cm de quadril!! Os amigos dizem que estou pela metade, mas eu respondo que estou voltando a ser o que eu era, me reeducando. Poderia ter emagrecido mais, mas poderia ter me privado muito e não ter equilibrado bem os dois períodos de férias:  1 semana em Minas Gerais, com seus pãezinhos de queijo, e 11 dias em Orlando, no templo do Junk Food, fui ao Mac Donalds, mas comi salada com frango, encontrei um jeito de acompanhar as pessoas sem passar fome ou “chutar o balde” e devorar um hambúrguer. Consegui comer os pratos típicos de cada lugar, mas sempre comedidamente e me aliando às frutas e legumes. Me diverti e não engordei, isso é que é importante ao seguir o programa. Não estou em dieta, estou educada.
Outro fator importante foi a eliminação de 90% das bebidas Zero que eu consumia no almoço e no jantar, as substitui pela sugestão da Orientadora Geldra: água com gás temperada com  gelo e limão. Uma delícia!
O próximo desafio é incorporar atividade física regular à minha rotina, por enquanto tenho subido  as escadas nas estações de metrô, andar um pouco mais rápido na rua, brincar com as crianças na piscina, enfim encontro  algum jeito de gastar calorias diariamente.
Já poderia ter alcançado minha meta pessoal de 61Kg, mas estou satisfeita por estar no peso saudável e conseguindo gradualmente incorporar aos meus hábitos as frutas e as boas escolhas.  Vou continuar sempre Vigilantes do Peso e não mais pularei de balança alguma, pois me manterei sempre EDUCADA e alerta às ESCOLHAS SAUDÁVEIS.
PS.: Depois da dica de Diego, seguem as fotos.




9 comentários:

Bel B disse...

Pat e Anete são exemplos de que quando se quer emagrecer, consegue. As pessoas costumam dar mil desculpas porque não emagrecem, idade, metabulismo, tireóide...

Conheci Vigilantes do Peso em 1994 e mudei meus hábitos alimentares...
Não pensei que Pat nunca tivesse tentado. ANete já é vezeira...

Anete disse...

Mas o programa atual é mil vezes melhor do que os anteriores, tomara que não mude.
Pat, não consegui fazer o uploud no blog, então copiei do Paint e colei, funcionou.
Muito interesante pois postei no face e várias colegas "inbox", tem me perguntado qual o milagre, inclusive uma amiga de Diego.
Mas não é milagre, é reeducação alimentar, às vezes perdemos o controle mas o importante é não desanimar.
Se vou manter por muito tempo? Ninguém sabe, mas que é bom, que aumenta a nossa auto estima, isto é.
Às vezes temos de nos policiar para não falar demais pois fica parecendo uma seita, só falamos disso e queremos que todas as pessoas do mundo fique felizes como estamos no momento (Eu e Pat).

Anete disse...

upload

Igor Matos disse...

Faço vigilante desde jan de 2012, no final do ano passado eu consegui o status de vitalicio que não requer mais pagamento, porém é preciso se pesar uma vez a cada mês sem ultrapassar seu peso ideal. Estou um pouco acima do meu peso depois de tanta farra de fim de ano mas assim que voltar a Houston retomarei minha rotina, dia 31 de janeiro vou me pesar espero que mantenha o status. Vigilante é uma ótima dieta porque lhe permite comer o que vc quiser porém sempre com moderação.

Bel B disse...

Como Anete disse, as pessoas as vezes fazem da dieta, uma seita. Recentemente um amigo nosso que perdeu 28kgs com a dieta de Ravena, esteve aqui em casa, feliz da vida, com a cabeça feita (no bom sentido) em relação à dieta. A esposa tentou este tratamento e não aguentou "a filosofia".... Engraçado, ele convidava Fernando para participar e ela dizia: Não vá não, meu amigo. Você não vai aguentar!....

Pat disse...

Não acho o Vigilantes uma "seita", acho que estamos empolgadas por conseguirmos reassumir o controle e saber que, se queremos, podemos realizar o que desejamos.
Acho que a dieta de Ravena é radical e precisa de muita disposição, enquanto que o Vigilantes o importante é a gente captar como podemos encontrar o equilíbrio. De resto é prosseguir com a vida normal.

art disse...

minha magrinha

Ivana disse...

Algum tempo atrás entrei no vigilante por 9 meses e cheguei a ser vitalícia. Mas, a meta de peso era 55 quilos e não consegui equilibrar a cada mês. Enfim, a meta ficou muito baixa, e decidi ser um pouco mais gordinha. Até 60 quilos estava ótimo. Terminei desistindo das pesagens mensais. Com o tempo, de 60 quilos já estou com 68 quilos, "bem cheinha". Não estou suportando mais, as roupas apertadas e a banha na barriga. O bom disso tudo é que por ter sido vitalícia, adquiri bons hábitos alimentares e garanto que a minha gordura é saudável. Não como açucar, pouca gordura, muita verdura e folhas.....enfim...uma vez vitalícia... eternamente vigilante. Agora é retornar e segurar a ansiedade. Já marquei o retorno para sábado. Aguardem a foto de antes....

Fernando disse...

Ivana, boi só come capim... Eu gosto de Picanha logo, sou um fofo saudável...