domingo, junho 26, 2011

Comentários sobre cinema

1) Estou me rendendo aos seriados americanos...

Eu, como todos sabem, sou cinéfila, daquelas bem chatas, que gostam de telona. Cinema dia de semana com pouca gente. De preferência que ninguém sente ao lado, nem na frente, nem atrás. Se possível o cinema só pra você. Já aconteceu, assisti Clube da Luta, no Aeroclube, sozinha, sentada no meio do cinema com aquele som..zão!... Exagero, claro, não precisa tanto.
Está cada vez mais difícil conseguir as melhores condições. Não sei se o problema é só aqui em Salvador, mas tem muita gente mal educada. Celular? Ninguém desliga. Atende, conversa, bate-papo. Cinema nos shoppings, final de semana, cheio de adolescentes, que conversam alto, gritam, fazem brincadeiras e riem. Não agüento.
Há também as senhoras (maiores de 50...rsrs) que  batem papo e comentam tudo que acontece no filme. Haja paciência! Será que o problema sou eu? Serão os hormônios? Falta DE...
Então, eu que não sou nada influenciável, acredite se quiser, estou cedendo aos argumentos de Isabelinha Boscov (crítica de cinema da Veja) que cada dia elogia mais os seriados americanos e malha os filmes. Já me viciei em baixar os seriados na internet e ver no próprio computador: In Treatment, House, Mad Men... etc..

2) Mas ainda não desisti do cinema


Esta semana que a cidade ficou deserta devida ao São João, vi uns 4 filmes.
Valeram a pena:
Meia Noite em Paris – o novo filme de Woody Allen, em que a lindíssima Carla Bruni faz uma pontinha. É um filme bem leve, com um belo passeio turístico por Paris e além disto um pouco de filosofia, mostrando a eterna insatisfação do homem com o presente, em busca de paraísos perdidos.

O Homem ao lado – um filme argentino, muito bom.
Grande parte do filme passa numa casa projetada pelo arquiteto Le Corbusier, único projeto do mestre na América, na cidade de La Plata, na Argentina. Trata-se de um problema entre vizinhos, mostrando intolerância, choque entre opostos e noção equivocada de segurança. Instigante. Mariana que foi comigo para o cinema, disse que não gostou muito, mas eu passei uns dois dias pensando no filme.

3) Cadê os outros cinéfilos?

Igor me disse que estava sentindo falta de comentários sobre cinema neste blog. Aproveitei a deixa, mas que não seja só esta que escreve, cadê os outros cinéfilos? Diego, por exemplo, pode dar grandes contribuições.
Saudações cinéfilas, juninas e joaninas!...

4 comentários:

Vane disse...

Longe de mim entender e assistir como você. Sou apenas uma seguidora sua , quando vc indica um filme para mim.
Em sua descrição das "chaturas" que encontramos no cinema , esqueceu dos sacos de pipoca barulhentos.
Tá aí...gostaria de ser cinéfila!!!!

Joana Ikeda disse...

Oi Bel, concordo com você em relação às pessoas mal educadas que frequentam o cinema, principalmente os grupos de adolescentes que simplesmente não conseguem ficar quietinhos. Já tive a infeliz oportunidade de presenciar bebê chorão em filme para adultos. O pior que não foi uma única vez, foram duas vezes! Bebê no cinema não dá! Bom, em relação aos filmes, já que você comentou que não assiste muitos desenhos, logo recomendo que assista Toy Story. Tenho uns desenhos japoneses que são muito bons. Pena que tive que comprar pirata, mas levarei à próxima vez a Salvador, e quando tiver no humor, assista que valerá a pena. Bom, quando lembrar de boas recomendações, deixarei minha opniãozinha. Um beijo

eleusa disse...

Bel
Tenho visto filmes muito bons e não tão bons assim. Não curti muito o "Meia Noite em Paris". Esperava mais.O "Esposa Troféu" com a lindíssima Catherine Deneuve
achei muito bom. Vale a pena ressaltar outros como "Minhas Tardes com Margueritte", "Venus Negra" diga-se de passagem, excelente, "Santa Paciencia", etc, etc, etc. Mas, o gostar e não gostar de um determinado filme, é muito relativo.
Os seriados que vc citou, vejo todos e acho ótimo. E para açucarar um pouco vejo tb GLEE, que por sinal estão fazendo uma seleção para novos participantes e tem um brasileiro que está entre os finalistas.
E a grande vantagem de sermos aposentados, é que podemos ir ao cinema a qualquer hora e dia sem ninguem sentado ao lado.

Naninha disse...

Bel...aqui a situação está critica....o cinema é bom....mas a programação...thor...e urso panda não sai cartaz....

ja vi que tenho que investir no som...zão igual ao de Robinho....e uma telona para mim....e tentar acompanhar suas sugestões....

Espero que mantenha sua coluna de cinema....