quarta-feira, julho 07, 2010

HOT AIR BALLOON


Depois de muita expectativa, adiamento por causa do furacão, dúvidas e imaginação, chegou o grande dia do passeio de balão. Pelas informações sabíamos que há balões que levam 16 pessoas, e era isto que pelo menos eu estava pensando. Quando chegamos o balão estava armazenado no trailler de transporte e a primeira coisa a sair foi o cesto, então comentei : Vamos andar de panacum!
Panacum ( tupi pana'ku s. m. Bras. Canastra ou cesto grande, no qual se conduzem roupas e objectos! durante viagens ) não só roupas e objetos mas crianças também, transporte este, que eu e Eleusa já conhecíamos, não no ar, mas no lombo de burros.
O referido cesto do balão Blue Drifter cabe apenas 5 pessoas, fomos em 4, Eu, Eleusa e Igor e o Capitão Dang Watson. Participamos de toda a montagem do balão junto ao Capitão e suas duas ajudantes, o que foi muito interessante. Depois ele nos deu instruções sobre onde devíamos segurar e como nos comportar na aterrissagem.

Embarcamos e o balão subiu na maior tranquilidade e quando nos vimos no ar vendo Houston de cima ficamos maravilhados principalmente pela sensação de paz, silêncio e serenidade. Voamos por cima de uma grande área verde onde vimos um veado (animal, não confundam) correndo e segundo o Capitão há muitos animais e aves. Devido as tempestades da semana passada o solo estava bem alagado, inclusive a trilha para caminhadas ou ciclismo que existe no meio da mata. Passamos também por condomínios de lindas casas.

O Balão segue conforme o vento, o controle é apenas subir ou descer, e quando ele solta o gás que o fogo aumenta, esquenta um pouco e faz barulho, que ouvíamos inclusive o eco, quando estávamos sobrevoando a mata.
Depois de 1 hora de passeio, procura-se uma área para aterrissar, foi escolhido o estacionamento de uma igreja. A descida é a parte mais complicada do percurso. O capitão se comunicou com as ajudantes e elas estavam esperando no local e quando o balão desceu foi preciso segurar a cesta para fazê-lo parar o que não é fácil. As duas tiveram que malhar. Igor foi o primeiro a descer para ajudar. Eu sentei no chão da cesta até acomodar...

O "breakfast" após aterrissagem foi num parque e o brinde com champanhe, tradição repetida sempre que alguém voa pela primeira vez. O Capitão aproveitou o momento para nos contar um pouco da história deste esporte. Recebemos também um certificado de primeiro vôo. Adoramos a experiência e recomendamos para quem tiver oportunidade.

Outras fotos podem ser vistas no Orkut de Isabel e de Eleusa.

Observem piscinas em forma de coração.
Detalhe, passado despercebido, que foi visto na foto pela prima de Rose.

3 comentários:

Betty Boop disse...

Infelizmente não participei dessa aventura...fiquei com as meninas...mas as fotos ficaram lindas e pelo visto os 3 gostaram!
Vou esperar a próxima leva quem sabe tomo coragem e vou junto né??!! Ivan, quando você vier de novo a gente vai ok?

eleusa disse...

Esse passeio é indescritível.
É simplesmente MARAVILHOSO!!!

Selene disse...

Que foto linda a da piscina