segunda-feira, abril 06, 2015

Termo do Bom Viver

Numa família, a medida que envelhecemos  ficamos todos parecidos, ou parecidos com nossos ancestrais, tanto fisicamente como no comportamento.

Tenho observado que ao vivo, nem tanto, mas quando olhamos as fotos é que realmente vemos as semelhanças físicas entre um e outro. Um dia destes colocaram no Whatsapp uma foto em que estavam Norma, Janete, Jandira, talvez Noelia ou Lilian,   Anete comentou que estavam todas parecidas.
E os carecas? Fotos de Fernando, Edinho, Duda, Sérgio...  Se olharmos rápido não sabemos quem é quem...

E o comportamento? Agora falam que Sérgio está parecido com Inocêncio, Leo com Nelson, Edinho e Fernando com Zezinho Barreto e outros.

Fernando convivendo mais com Flori atualmente, já disse que eu pareço mais com Flori que ele com Zezinho.  As vezes eu mesma me acho parecida com Noemi, pois várias atitudes dela  que eu condenava,  agora repito ou dou razão. Enfim, como dizia Nicácia, “ninguém furtou nada, herdou”.


E por falar em Zezinho Barreto que tem a fama de brigão, Flori contou para a gente que certa vez num destes desentendimentos dele com os Benjamins, o entrevero foi parar num Juiz que no final passou para ele um documento: “Termo do Bom Viver” . Será que nessas semelhanças já tem gente precisando de um destes?  

2 comentários:

CB disse...

O exercício da cidadania, o cumprir-se politico, não se traduz simplesmente pelo estar na comunidade, inocente daquele que achar que seu direito será preservado sem luta, é necessário requerer e defender seus direitos. Na luta pela igualdades individuais ocorrerá ao mesmo tempo um aprimoramento da lei que beneficia a todos.

Zezinho buscou antes de tudo exercer sua cidadania, buscou seu direito e o cumprimento dos deveres pelo seu opositor. Se ele foi vítima ou réu não sei, mas ficou claro que desde aqueles tempos é necessário brigar por espaço. Em outras palavras, tem que aprender o caminho do Procon para botar esses fornecedores no pau, tem que ter advogado para reclamar de vizinho folgado e no final não baixar a cabeça na frente do juiz. Lutar pelos direitos é buscar justiça pelo tratamento, é buscar viver bem. E em se tratando do meu avô, fodam-se os “Benjamins.”, com todo respeito à família.

Fernando disse...

A cambada dos Andrade,religioso,ditadores,miserável,avarento e trabalhadores..........pegou o cara Filemon e botaram em frente de Zezinho BARRETO,o resto vocês vão assistir em um filme.

BARRETO E O RESTO

Fernando

Eu gosto muito dos benjamim ........