segunda-feira, janeiro 26, 2015

Natal na Florida

Para o Natal/Ano Novo de 2014, decidimos fugir do frio e chuva de Seattle (media de 10 graus Celsius nessa epoca do ano) para curtir um pouco de sol e calor. Nosso destino foi Fort Lauderdale, na Florida. Fizemos essa escolha pelo fato de ser proximo do Brasil, e demos a opcao dos parentes mais proximos (os pais/irmaos de Eduardo, meus pais e Mariana) de passarem o feriado conosco. Mariana conseguiu a folga e uma passagem promocional e foi nos encontrar, dai meus pais decidiram ir tambem.

As meninas adoraram ter a Tia Nana e os avos por perto. O fato da casa que alugamos ter piscina aquecida foi um bonus, era piscina quase todo dia para a alegria das meninas. Mariana, ao contrario de nos, fugiu do calor do Rio para curtir o "friozinho" de Fort Lauderdale (temperaturas em torno de 23 a 26 graus Celsius). Afinal de contas, e tudo muito relativo.

Conseguimos um voo direto de Seattle para Fort Lauderdale, mas mesmo assim sao seis horas de voo. Paula (3 anos) ja se distrai com videos e foi bastante tranquilo com ela. Elisa (19 meses), por outro lado, nao consegue focar em nada por muito tempo, dai haja atividade (5 minutos de video, seguidos de 5 minutos de merenda, depois 5 minutos de brinquedo, e 5 minutos de outro brinquedo). Para nossa sorte, ela dormiu um pouco no voo de ida e dormiu bastante no voo retornando a Seattle, ou teriamos que preencher 6 horas de voo como varias atividades de 5 minutos. Haja atividade. E paciencia.

Se Mariana ja nao pensava muito em filhos, passar tempo com as sobrinhas e a melhor forma de desistir por completo da ideia. Muito lindinhas minhas filhas, mas a maior canseira. Mas as ferias foram otimas para recarregar as energias com o sol e o calor da Florida. Agora de volta a chuva e frio, ate o verao e o calor chegarem, provavelmente la para maio ou junho.












2 comentários:

Bel B disse...

Que legal!... Não sabia desta farra. Mariana não me disse e estive com Célia tão pouco tempo!
Como disse Nara tudo é relativo, mas Seattle é longe pra caramba!... rs

Mariana disse...

Nunca pensei que a famosa frase "ficar para titia" iria ser tão bom ;)
E que venham mais sobrinhos ;)