segunda-feira, março 05, 2012

O que vem primeiro, o bom humor ou a comida?

Depois de tantos artigos sobre o gordo e o magro, decidi pesquisar a internet sobre uma “razão cientifica” para explicar a famosa “felicidade do gordo” e a “sorte do magro”. Nao consegui achar exatamente o que eu procurava, mas achei esse artigo do qual copiei uns parágrafos que achei bem interessante.

O que veio primeiro, o bom humor ou a comida?

Partindo da pergunta muito conhecida sobre quem veio primeiro, os ovos ou a galinha, podemos tambem perguntar: eh seu bom humor que faz voce comer ou eh a comida que faz voce ficar de bom humor (ate certo ponto)?

Nós somos não somente o que nós comemos, mas determinados alimentos manipulam os elementos quimicos do cérebro e ajudam-nos a permanecer felizes, energizados e mesmo calmos. Um exemplo de como o que nós comemos afeta como nos sentimos é o relacionamento entre carbohidratos e Seratonina. Não é nenhuma coincidência que nós preferimos comer carbos, de massa a bolinhos, quando nós estamos de mal humor. Os alimentos ricos em carbo estimulam a liberação de um químico do cérebro chamado Seratonina que regula o apetite, o humor e o sono. Faz o sentido perfeito que nós tenhamos o desejo de comer carbos quando nós estamos sentindo trsites, uma vez que estes são os alimentos que mais levantam níveis do serotonina melhorando assim nosso estado de espirito.

Os doces aumentam os níveis de um outro grupo de produtos químicos do cérebro chamados endorfinas. Estes são os químicos do cérebro associados com o sentimento de felicidade. O chocolate impulsiona níveis dos químicos do cérebro, como o phenylethylamine e o anandamide, que nos dão uma euforia ou “sentimento estar nas nuvens”. As gorduras nos peixes alteram a quimica do cérebro nos fazendo sentir mais felizes e mais espertos, enquanto as gorduras ruins da carne obstruírem o fluxo de sangue no cérebro, atrapalhando o raciocinio e o humor (acho que essa eh furada).

Por outro lado, seu humor tambem influencia os alimentos que voce come (quem jah passou a raiva comendo um saco batata frita ou acalmou seus nervos com uma dose se whisky pode se relacionar a isso!). Por exemplo, o stress levanta níveis do cérebro de um outro químico chamado o neuropeptide Y (NPY). Este químico do cérebro induz nosso desejo de comermais carbos. Nós comemos uma quantidade exagerada de carbos e ficamos temporariamente felizes, mas depois que o carbo eh digerido, voltamos a nos sentir “down” e comemos mais carbos para nos sentirmos melhores. E assim segue o ciclo ate subirmos na balanca.....

Todos aqueles que se dizem "sortudos", na realidade fizeram um exame da vida, aceitaram sua responsabilidade e decidiram agir de acordo. Trabalham na dieta todo santo dia e às vezes em cada refeição. Organizam e preparam-se constantemente. Planejam adiantado, fazem consessoes, recompensam seus esforços, ocasionalmente registram por escrito o que e de quanto comem e monitoram seu progresso. Estocam suas cozinhas para garantir uma alimentacao saudável, cercam-se de pessoas que suportam seus esforços e praticam pensar como uma pessoa fina. Expurgam os pensamentos negativos e de derrota de suas mentes e os substituem com os pensamentos positivos, afirmando suas decisoes. Todas as pessoas que sao magras e em boa forma fisica, trabalharam duro para conseguir isso!

Retirado ao artigo "Eat Your Way to Happiness" by Elizabeth Somer. Copyright (c) 2009, reprinted with permission from Harlequin.

http://today.msnbc.msn.com/id/34417749/ns/today-books/t/how-eating-right-can-make-you-happy/

Traducao – Selen P. Santos
Greenville, Carolina do Sul (terra da comida frita)

3 comentários:

Bel B disse...

Enfim é tudo química!...
Um dos meus hábitos diários é não comer "engordantes" que não traga felicidade. Por exemplo, não gosto muito de bolo e sei que engorda, não como. Em compensação não tomo sorvete light ou diet. De vez em quando tomo sorvete, mas tem que ser de chocolate. Pode ter até gordura trans... rsrs mas com certeza dá felicidade!...

Anete disse...

Uma vida sem comida para alguns, eu inclusive, é uma vida sem prazer. Podemos fazer regime de vez em quando, mas não pode ser regra geral. Meu metabolismo é lento e tem épocas que até respirar me engorda, é terrível. Mas só pensar em ter restrições o resto da vida me dá arrepios...imagine ter que tomar coca Diet - só tomo a normal, se estiver fazendo regime Guaraná Antartica diet...não tomar um pequeno maltine (milk shake da BOB's)- quando a atendente fala que com mais R$ 1,00 posso ficar com o médio, aí já acho exagero, me contento com o pequeno...e os acarajés...e a comilança da família... infelizmente não estou conseguindo comer mais devido aos problemas do refluxo, etc.

Fernando disse...

Meu metabolismo está parado há 20 anos e de vez em quando dá ré...