quinta-feira, maio 19, 2011

SACOLAS OXI-BIODEGRADÁVEL


Com foco na sustentabilidade, foi aprovado por unanimidade na terça-feira, 17, pela Câmara Municipal de Salvador, um projeto de lei que obriga os estabelecimentos comerciais a utilizarem sacolas plásticas oxi-biodegrádaveis. Sacolas serão obrigatórias em mercados .

Além de não agredir o meio-ambiente, as embalagens oxi-biodegradáveis contém o aditivo D2W, que permite a degradação do plástico completamente em apenas 18 meses. Ao contrário das sacolas plásticas comuns, que levam mais de 100 anos para se decompor.


O projeto foi proposto pelos vereadores Pedro Godinho (PMDB), Andréa Mendonça (DEM) e Vânia Galvão (PT), mas ainda precisa ser sancionado pelo prefeito João Henrique para entrar em vigor. Após isso, os estabelecimentos terão o prazo de um ano, a partir da data de publicação da lei, para substituir as sacolas plásticas comuns pela biodegradável.

Em abril deste ano, o portal A TARDE On Line questionou os leitores sobre o uso de sacolas plásticas nos mercados. Na ocasião, grande parte dos 347 internautas que participaram da enquete afirmaram ser contra o uso das embalagens.

Vale salientar que no caso de descumprimento da lei, o estabelecimento poderá ser penalizado com advertência, multa correspondente a 1% do faturamento, suspensão temporária da atividade e cassação da licença do estabelecimento. Se houver reincidência, o valor da multa será dobrado.

fonte jornal a tarde

Nenhum comentário: