sexta-feira, maio 27, 2011

Lavanderia ou Consultoria?

Por Sebastião Nery

"RIO – Esta é uma historia de um cabo paulista, contada e recontada desde os tempos de Ademar de Barros governador de São Paulo.
Ele era cabo do Palácio Bandeirantes. Todo fim de mês, de manhã cedo, recebia um envelope fino, fechado, muito bem fechado, para entregar a um senhor gordo e estranho nos subúrbios da capital. E trazia de volta, mandado pelo senhor estranho e gordo, um pacote grosso, bem fechado.
Um mês, dois meses, seis meses, todo dia 30, de manhã bem cedo, o cabo levando o envelope fino e trazendo o pacote grosso. Morria de curiosidade, mas não abria nem o envelope fino nem o pacote grosso.
Nem sequer tentava enxergar alguma coisa ao sol. Estava ali cumprindo seu dever. E o segredo era o preço primeiro do dever.
Um dia, o cabo não se conteve mais.Abriu pela ponta, discretamente, o pacote grosso. Era dinheiro, muito dinheiro. Tudo nota de mil. Resistiu à tentação, entregou o pacote inteiro, intocado. No mês seguinte, dia 30. deram-lhe de novo o envelope fino. Abriu. Era um cartão, escrito à mão:
- “50 contos no bicho que der.”
O cabo não resistiu. Pegou uma caneta em um botequim, emendou:
- “50 contos no bicho que der. Aliás, 55″.
Nunca mais lhe deram o envelope fino nem o pacote grosso.Demitido.
FOLHA
Cada palácio tem o cabo que merece. O Palacio do Planalto tem o cabo Palocci. É um violador de segredos (a conta bancaria do caseiro Francenildo) e um multiplicador de dinheiro (saltou em poucos meses de modestos 375 mil reais de bens para a fortuna de quase 8 milhões).
Jogando “no bicho que der”? Não. Fazendo “consultorias”, como deputado. “Consultorias” de que? É ai que mora o mistério. Aos fatos:
- “A Folha revelou domingo que Palocci multiplicou por 20 seu patrimônio. De 375 mil reais para quase 8 milhões entre 2006 a 2010, período em que exerceu o mandato de deputado federal pelo PT”.
“Comprou dois imóveis de luxo em São Paulo: um apartamento de 6,6 milhões de reais em 2010 e um escritório de 882 mil em 2009. As aquisições foram feitas por uma empresa de consultoria criada no fim do ano passado, antes de virar ministro” (Marcio Falcão e Breno Costa)."

2 comentários:

Bel B disse...

Palocci é um verdadeiro gênio. Tomara que ele multiplique a riqueza do Brasil igual a dele.

Bel B disse...

"Assim, sob qualquer ângulo que se esteja situado para considerar esta questão,chega-se ao mesmo resultado execrável: o governo da imensa maioria das massas populares se faz por uma minoria privilegiada.Esta minoria, porém, dizem os marxistas, compor-se-á de operários.Sim, com certeza, de antigos operários, mas que, tão logo se tornem governantes ou representantes do povo,cessarão de ser operários e por-se-ão a observar o mundo proletário de cima do Estado; não mais representarão o povo,mas a si mesmos e suas pretensões de governá-lo.Quem duvida disso,não conhece a natureza humana."
Mikhail Bakunin (1814-1876)