sexta-feira, novembro 12, 2010

Don Pasquale


A rede Cinemark transmite mais uma apresentação da temporada 2010/11 da Metropolitan Opera de Nova York, neste sábado, 13 de novembro. “Don Pasquale”, de Gaetano Donizetti. Sessão única. Em Salvador, às 15h. Rio e São Paulo às 16h.
A ópera cômica traz Anna Netrebko, que revive uma sensacional performance ao lado de Matthew Polenzani, Mariusz Kwiecien e, no papel-título, John Del Carlo. Regida pelo diretor musical da Metropolitan Opera, James Levine, esta montagem tem produção de Otto Schenk.O espetáculo terá projeção HD, legendas em português e comentários ao vivo de Rodolfo Valverde, especialista no gênero.

Uma vez que a ópera será transmitida ao vivo, o espetáculo inicia as 13h, em Nova York. Estranho tal horário para quem vive aqui num país tropical.
Para mim, ópera combina mais com noite. E por falar nisto, realizamos 2 noites eruditas no mês passado, quando tivemos a ilustre presença do Vereador Edson Barreto e de sua filha Luciana, em Salvador.
Na primeira noite, vimos um concerto realizado em Berlim em 2007, com Plácido Domingos, Anna Netrebko e Rollando Villazón. E no dia seguinte vimos a ópera completa La Boheme, com Ramon Vargas e Ângela Gheorghiu, montagem de 2008, dirigida por Franco Zeffirelli. (Viu Diego? Quem não pode ver ao vivo....).

Pretendo promover outras noites eruditas deste gênero e ver se há mais adeptos para compartilhar estes momentos, mas vamos deixar para o meio do ano, pois ópera também não combina com verão. E não oficialmente o verão já começou... mesmo assim amanhã irei conferir Don Pasquale.

2 comentários:

Naninha disse...

Bel, seu Edinho adorou...e muitas vezes é bom fazer programa sem menino....dá uma saudade descansada...

Bel B disse...

Fui conferir e valeu a pena. A transmissão ao vivo, embora no inicio a imagem tenha tremido muito, tem a vantagem dos comentários antes e no intervalo...
Entendi o horário em Nova York, realmente faz sentido, uma pelo tempo frio nesta época e também pela idade da platéia. É claro que vemos muitos jovens e até crianças mas a maioria é mesmo da melhor idade (melhor não sei em que).