quarta-feira, novembro 24, 2010

Com Telebrás, PT saberá dos sigilos quebrados

A articulação para ressuscitar a Telebrás é a cortina de fumaça de uma operação do petismo para assumir o controle da telefonia. Abiscoitando as contas públicas, a direção da estatal, nomeada pela presidência da República, terá a chave da impunidade, porque saberá de todas as ordens judiciais de quebra de sigilo telefônico contra autoridades do governo que forem alvo de investigações sigilosas de suas mal feitorias.

Olha o perigo:
Como na Receita, a direção da Telebrás, de confiança do petismo, pode até quebrar ilegalmente sigilos telefônicos, e sem deixar rastro.


Big Brother Brasil:
Se a Telebrás controlar as contas públicas, políticos (sobretudo de oposição) e até magistrados podem ter seus telefones monitorados.

Nome aos petralhas: TeleAloprados
Tramam para a Telebrás controlar a telefonia seu presidente, Rogério Santana, e Cesar Alvarez, que era assim, ó, com Erenice Guerra.

Nenhum comentário: