terça-feira, agosto 03, 2010

A Felicidade dura pouco

Diz a sabedoria popular que a "felicidade dura pouco" e se eh de pobre dura ainda menos. Depois de mais de um mes longe de meu filhinho querido e amado, estava com tanta saudade que mal via a hora dele voltar do Brasil e assim ter a oportunidade de passar as ultimas duas semanas de ferias nos divertindo a aproveitando a companhia um do outro. Qual nao foi minha surpresa..... Apos pega-lo no aeroporto jah tive que parar no caminho num shopping para comprar algumas camisas estilo polo para o ano escolar que esta chegando. Logo na primeira noite em casa jah ele convidou o melhor amigo para passar a noite. Nao querendo ser uma daquelas maes que diz nao a tudo falei que nao tinha problema e que AJ podia passar a noite.

Segunda de tarde chegou e com ela vieram mais 3 amigos e os 5 se dispuseram a jogar um dos infernais jogos no tal do XBOX360 e ai foi qdo tudo foi por agua abaixo. Os frequentes gritos de "Ta falando serio?" "porra nenhuma" (tudo em ingles eh claro) me faz questionar minha ansiedade pela volta da criatura. Eu tinha paz e nao sabia............. com Luiz na China e Victor no Brasil era soh eu aqui, quieta, sozinha, assistindo meu filmes de romances impossiveis ou meus programas de renovacao e redecoracao de casa, tomando um copinho de vinho branco, sem preocupacao de ter que cozinhar almoco ou janta, sem ter que preocupar se a criatura estava bem, sem ter que preocupar se a casa iria resitir aos gritos e pulos............

Segunda veio e bati o pe, " nao dorme ninguem aqui em casa, quero paz e silencio. Nao deu outra, se mudou para casa do amigo com pelo menos mais um. Terca passei o dia correndo para cima e para baixo com um bando de brasileiros que vieram comprar pecas para maquinas texteis e administrando a criatura pelo celular. Jah testou a agua da piscina? Jah ajudou Ted a cortar os arbustos? e a grama? nao cortou!

Novo amigo no pedaco. Mais jogos, mais gritos. Fico aqui imaginando um dia de paz e tranquilidade em que nos vamos montar a cadeira que ele trouxe do Brasil, almocar como pessoas civilizadas e ate assistir um do varios programas gravados no DVR. Como diz titio Nindin e meu marido Oscar, "mae eh um bicho besta". Outros dizem que ser mae eh padecer no paraiso. Que parte disso tudo eh o pariso exatamente? Alguem pode me explicar? Doze dias, 11 horas e varios minutos ate a escola recomecar. Sera que vou sobreviver?


Chiquita - Correspondente do Sul dos Estados Unidos
(Qualquer erro de digitacao, eh culpa dos dois copos de vinho)

4 comentários:

Betty Boop disse...

hahahahahahahahahahah!!!!!!!
Comédia ein??? Quando estão longe...sentimos falta e saudade...quando estão perto...queremos uma hora de sossego....
Que tal jogar XBOX com ele e os amigos?? Ele vai se surpreender e os amigos vão adorar....é uma boa...vc libera dormir em casa desde q vc possa jogar tb!!

Fernando disse...

O que você tá fazendo aí? O paraíso é aqui. Deixe o SOmbra aí com o chefe e venha passar uns dias com a gente.

Bel B disse...

Pelo jeito Norma tem razão "filho é máquina de moer mãe".... rsrs

eleusa disse...

Selene
Como disse Khalil Gibran no seu livro O Profeta "Vossos filhos não são vossos filhos, eles vem de vós, mas não são de vós". Não me lembro direito o texto, mas é mais ou menos isso.
São todos iguais, só mudam de endereço.