domingo, janeiro 04, 2015

Inicia um novo ano

Revisão nas gavetas, nos arquivos, nas roupas velhas. Promessas vãs. Projetos. Sonhos. Este ano vai ser diferente. Tudo pode ser apenas uma ilusão, mas pelo menos vale a reflexão.  Pensar em novos caminhos,  novas possibilidades. Afinal, tudo para ser realizado teve que ser pensado primeiro, ou não?

2014 acabou!... As decepções  já foram quase superadas. Copa do Mundo, juro que não sofri. Já o resultado das eleições, tanto estadual quanto federal, foi um horror,  mas paciência... Vamos que vamos, torcendo para este país melhorar.  “ Apesar de você amanhã há de ser outro dia”.

No balanço, o melhor filme do ano para mim foi o argentino Relatos Selvagens. Também vi e revi ótimos filmes antigos, dentre os quais destaco Farenheit 451, Lawrence da Arábia e Laranja Mecânica.

Dos livros que li os melhores do ano foram Reparação (Ian McEvan), O homem que amava os cachorros (Leonardo Padura ), O Enigma de Spinosa (Irvin Yalon) e Judas (Amós Oz).


A novidade é que dia 11/janeiro embarcamos (eu, Fernando, Família Risso, Bete e Lucinha) num  Cruzeiro, saindo de Santos, com paradas em Montevidéu, Punta del Este e Buenos Aires, marinheiros de primeira viagem...  Pelo menos estamos começando o ano fazendo algo diferente.

Que 2015 seja bom para todos nós!....

3 comentários:

eleusa disse...

Já comprei dramin..kkk

Daniela disse...

Realmente 2015 começa diferente.

Celia disse...

Cruzeiro é como coceira: quando começa, não pára. Adoro os grandes barcos, assim como os aviões de turbina; não me agradam os veleiros, os pequenos barcos (desculpem-me os navegantes família), nem os aviões de hélices. Boa viagem a todos os marinheiros de primeira e segunda viagem.