segunda-feira, fevereiro 27, 2012

"Eu não existo sem você"

-Você já se apaixonou? Não!

-Nunca?

-Vixe !

Paixão existe.....sim.....é um momento de embriaguês...que não tem insulina que cure....a mulher pensa 24 horas no amado......muda o cabelo...emagrece......quer aprender técnicas de sedução....corta o cabelo....faz ginástica....ou seja.....ele é o foco...., mos acabamos ganhando com isso.....

A paixão da mulher.......é exagerada.....eu acho!.....Chegamos rapidamente a qualquer ridículo....inconfessável até para as amigas – ah! Cuidado com elas – pague uma terapeuta.....viu meninas!

A paixão principalmente a primeira.....essa nos arranca os olhos e a razão.....e seguimos os extintos de todos os animais irracionais ....o amado é a nossa presa........e..a nossa pressa em tê-lo a qualquer modo e maneira...

Nossa vontade...fica muda........somos acordados diariamente....com o desejo em ver e ter a paixão ali na hora....ficar afastado...dói na alma.....o segundo vira horas.....as horas dias....os dias.....o .infinito....pensar em não mais tê-lo....é um sofrimento tão grande......que não cabe essa hipótese.....é melhor morrer.....somos nesse momento Romeu e Julieta.....

Os olhos dos apaixonados.....são conhecidos e visto por qualquer cego.....eles têm um brilho....irradiante!....o riso...,os músculos já cansados..., mas o coração que manda....não sai da face .....

A pele...macia......ganha o cheiro....do aroma mais raro do mundo ......o da paixão.... o cabelo....ganha o brilho dos metais preciosos.....

Não temos mais identidade.....perdemos o nome.....para os apelidos...mais ridículos do mundo.....quem sou eu....? Tchuco e Tchuca! Lindo!

Paixonite aguda...é a doença......o sintoma....tristeza aguda....perda total de motivação para viver..... a sede pela pessoa..é insaciável.....

Os apaixonados só sabem falar deste assunto.....se ele é natureba....porque não ser também? Se é atleta...por que não me envolver no esporte? Se o amado fuma..o cigarro não é tão ruim....se é gordinho....passa a ser fofinho.....resumindo.......se na razão é uma coisa...............na paixão é outraaaaaa coisaaaaaaaaaaa.

É um mundo paralelo..........só crê é quem vive...está vivendo ou já viveu, pois é de não acreditar mesmo, ......tem doença própria....sentimentos .....vocabulário....macumba.....santos...oração....

Magoar um coração apaixonado...deveria ser crime e a pena é que essa pessoa nunca mais voltasse se apaixonar novamente !

Não há tempo......neste mundo.........mas que seja” eterno enquanto dure”.....

( Esse papo aconteceu também em Three Hills...)

8 comentários:

Anete disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anete disse...

Adorei Naninha, já passei diversas vezes por isto. É muito bom, estou precisando me apaixonar de novo.Pena que esta fase passe muito rápido.
"Se o sonho acabou, não sei meu amor nem quero saber... Só sei que ontem a noite sorrindo acordada sonhei com você...Te sinto no ar, na brisa do mar, eu quero te ver... Pois ontem a noite sonhando acordada, dormi com você."

Anete disse...

A música é "Amar ou sofrer" mas o certo seria "Amar é sofrer".

Luciano Leto disse...

Dentre as manias que eu tenho
uma é gostar de você
Mania é coisa que a gente
tem mas não sabe porque
Mania de querer bem,
às vezes de falar mal
Mania de só deitar
depois de ler o jornal

De contar sempre aumentado
tudo o que viu e que fez
De guardar fósforo usado
dentro da caixa outra vez
Eu tenho várias manias,
delas não faço segredo
Quem pode ver tinta fresca
sem antes passar o dedo

De só entrar no chuveiro
cantando a mesma canção
De só pessar no cinzeiro
depois da cinza no chão
Mania é coisa que a gente
tem mas não saber porque
e das manias que eu tenho
uma é gostar de você

Seria mais ou menos isso??

Ivana disse...

Alguém escreveu assim sobre a vida. "Viver é como desenhar sem borracha". Portanto temos que conviver com as marcas das mágoas deixadas pelas paixões vividas e não vividas, pelos encantos e desilusões sofridos ......enfim.....viver é não desistir de desenhar na tentativa de acertar ou errar novamente......o que vale mesmo é deixar a sua marca!

Bel B disse...

O amor do ponto de vista fisiológico

“ Já existem estudos que dizem que os apaixonados estejam num quadro semelhante a um Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC).... "ambos estados associam-se a baixos níveis cerebrais de serotonina, uma substância química fabricada pelo corpo que nos ajuda a lidar com situações estressantes".
A antropóloga da Universidade Rutgers e autora do livro “Anatomia do amor”, Helen Fisher, demonstrou que os sintomas provocados pela paixão, como a euforia, a falta de sono, ou ainda, de apetite estão associados a altos níveis de dopamina e norepinefrina, estimulantes naturais do cérebro.
Outros estudos apontam que os seres humanos são biologicamente programados para se sentir apaixonados entre 18 a 30 meses. tempo longo o suficiente para que o casal se conheça, copule e reproduza. Depois disso, este sentimento evolui para emoções mais brandas, ou ainda, cada componente da díade tem a opção de migrar para um outro relacionamento recomeçando todo o ciclo. Dessa forma, compete ao casal continuar ou não no relacionamento, promovendo-o a um novo estágio, como novos investimentos e novos graus de compromissos. Em caso de permanecerem unidos e voltados um para o outro, se habituarão a manifestações mais brandas de afetividade como o companheirismo e a tolerância.
Dificilmente, a paixão resiste a mais de dois anos. Pode-se dizer, então, que geralmente estar com o(a) mesmo(a) parceiro(a) por mais de dois anos seja um forte indício do é amor presente cimentando a relação. Tanto a dopamina quanto a feniletilamina estão relacionadas com as endorfinas. E endorfinas viciam. E como todo vício, produz síndrome de abstinência quando somos privados. Todo o sofrimento pelo qual passamos quando levamos um fora do objeto de nossa paixão nada mais é do que síndrome de abstinência. “

Bel B disse...

"Já se apaixonou? Nunca"...

sei não... depois que passa, a pessoa esquece.

Fernando disse...

A paixão é pessoal, não precisa divulgação... a não ser para o objeto da paixão... É a mesma coisa que o amor a JC não precisa divulgar, fique para si. Pode se torturar, deprimir, ficar alegre ou triste, tomar cachaça, dançar. Faça tudo que tenha direito, mas a paixão é sua. Boa sorte!...