segunda-feira, maio 23, 2016

Cinco ritos tibetanos – Parte II – A dúvida da dúvida

Relendo o meu post anterior dos cinco ritos tibetanos, me lembrei de mais um encontro com Geraldo, quando houve uma conversa surreal. 
Comentávamos sobre as mudanças que ocorrem nas nossas vidas, as certezas que temos quando somos bem jovens e as dúvidas que surgem com o tempo.  Então ele falou  da certeza da certeza, a certeza da dúvida, a dúvida da certeza e a dúvida da dúvida...

Ele deu os seguintes exemplos: Quando éramos jovens, alguns de nós,  tinham tanta certeza de tudo, tanta lógica, que escolheram estudar ciências exatas, área de engenharia, informática e afins. Era a época da certeza da certeza. Outros, porém, não tinham esta certeza toda, então preferiram ser profissionais liberais ou empreendedores. Estes que tinham dúvidas arriscaram  muito mais, tanto profissionalmente como na vida pessoal.

Com o amadurecimento, perdemos as certezas. Começamos a duvidar de coisas em que outrora apostávamos tudo. Por exemplo, se éramos ateus convictos ou se tínhamos fé inabalável, de repente já não temos tanta convicção. Surgem  questionamentos e as vezes angústia.  Segundo ele, se evoluirmos mais, finalmente chegaremos ao estágio da dúvida da dúvida, é quando se conclui que tudo é possível e não nos preocupamos mais com verdades ou fantasias, então nos tornamos zen.

Este papo maluco foi em 2008, agora acredito que ele chegou neste estágio. Mora numa casa na Base  Naval de Aratu, com 2 cachorros, alguns gatos e um monte de livros.  

Nesse último sábado eu e Fernando fomos visitá-lo e conhecer as máquinas da juventude que ele nos apresentou e demonstrou. Depois ele e Fernando conversaram uma hora sobre a produção e venda destas máquinas... Bem, vão vendê-las para o mundo todo... não importa se é verdade ou fantasia.

2 comentários:

Mariana disse...

Mora com 2 cachorros e vários gatos? A mulher já largou de novo ou voltaram a viver a vida "livres"? rsrsrsrsrsrsrs...

Bel B disse...

Pois é, agora só cachorros e gatos... acho que ele está virando um monge tibetano!... rs