sábado, abril 21, 2012

A campanha eleitoral em São Paulo começou, não é PT ?

Mais duas panes registradas ontem na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) fizeram o governo do Estado de São Paulo declarar que a empresa está sendo vítima de sabotagem. As panes foram nas Linhas 11-Coral e 12-Safira, na zona leste. O secretário dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, disse que, com os dois casos, há suspeita de crime em seis das 16 panes graves registradas na rede de trens desde dezembro. Ontem, segundo o governo, a caixa do sistema de sinalização, que controla o tráfego dos trens perto da estação Itaquaquecetuba, da Linha 12-Safira, foi estourada antes do começo da operação e teve fios arrancados. Nada teria sido levado. Já na Linha 11-Coral, a CPTM diz que uma calça jeans azul foi enroscada no pantógrafo, peça que liga o trem à rede aérea, perto da Estação Guaianases.

Investimentos em transporte estão 50 anos atrasados "Isso é indício claro de sabotagem, mas não pensem que estamos fugindo da responsabilidade. Tem coisas que são defeitos nossos e estamos corrigindo", disse Fernandes. O secretário revelou que a suspeita começou em dezembro, após descarrilamento de um trem perto da estação Osasco, na Linha 8-Diamante. Segundo ele, o acidente foi provocado por uma pedra do tamanho exato para tirar a composição do trilho. "Não era nem muito grande nem muito pequena."

2 comentários:

CB disse...

Se formos culpar o PT de tudo vai faltar espaço para falar mal dos outros. O bondinho de Santa Tereza aqui no Rio tinha problemas de manutenção e matou 5, pego metro todo dia e vejo que os mancais de vários carros estão parecendo mancal de carro de boi, ok chegaram novos trens esta semana, mas a coisa tá feia.

art disse...

mas não era eleição. os inimigos de sergio cabral, irão fazer isso na época de eleição para governador.