quinta-feira, agosto 25, 2011

112 ANOS



Em algum lugar, Jorge Luis Borges o maior escritor latino americano que já tivemos, e um dos maiores de seu tempo, deve estar apagando velinhas. A companhia das letras relançou toda sua coleção impecavelmente traduzida.

3 comentários:

CB disse...

Brother, nos diga um livro om dele, para os iniciantes!

Celia disse...

O mais interessante é que este poeta e gênio da literatura é considerado "persona non grata" no meio dos pseudo socialistas. Pobre são os coitados que não apreciam Borges por preconceitos. Perdem uma boa oportunidade de conhecer um filósofo e um escritor do gênero da literatura fantástica. Obrigada André pela homenagem a Borges

art disse...

CB, pode começar pelo " O Aleph", depois pode ser "O livro do seres imaginarios", "O informe de Brodie", "Ficcções", (no momento estou lendo "Antologia Pessoal" outro grande livro). Aprendeu a ler em Ingles antes do Espanhol e era professor de literatura Inglesa na Argentina. Junto com Samuel Beckett o prêmio Fomentor.

Pois é Célia, ele foi demitido por Peron quando era diretor da biblioteca pública de Buenos Aires (acho que em 46), odiava ditadores e era um independente em pensamento.