quarta-feira, março 09, 2011

CARNAVAL EM PARIS

Passamos o carnaval na FAZENDA PARIS....
Fantasias

Graças ao projetor gentilmente cedido por Mister e o telão oferecido pela Letto, confeccionado por Janete Barreto, as noites foram preciosas, com muita música da melhor qualidade. Da sanfona de Dominguinhos a Nona Sinfonia de Bethoven, concertos com Anna Netrebko, Rolando Villazon e Plácido Domingos. Houve dia de filme western com John Wayne e muita, muita ópera. Tudo isto acompanhado de vinho francês previamente decantado...
O coral de sapos, costumeiro do local, ficou inibido com o som e quase não se ouvia, enquanto os patos e gansos nadavam no lago até o final do concerto. O galo ficou um pouco desnorteado e passou a cantar nas horas mais inusitadas...
Felipe, o futuro sanfoneiro da Caatinga, levou seu acordeom e ensaiou algumas notas. Promete para breve concerto junto com o parceiro Daniel.
A namoradinha de Cristiano, que dó! 23 anos, deixou o Carnaval Axé para acompanhar esta programação... o amor é lindo!
Telão
O número de participantes foi pequeno ao que estamos acostumados nestas ocasiões: Felipe, Naninha e Joaquim, Lucinha, Carol, Janete e Vinicius, Cristiano e Carina, Fernando e esta que escreve. Além dos residentes com destaque para o mais importante é claro, Edinho.

Camarote


Camarote




Próximo evento: SEMANA SANTA NO BREJÃO...

6 comentários:

Vane disse...

Verdadeiros sheik árabes!!!!!!!

Ivana disse...

Que lindo tio,

Já houvi falar que homem que é homem tem que ser Gandi um dia!

Parabéns!

Beijos

Igor disse...

Gostei mesmo foi do cinema. show de bola.

eleusa disse...

Amei o camarote! Se D. Amélia ver essa foto vai dizer que só podia ser mesmo a "madame".

Leo Kid disse...

Foi muito bom. Em alguns momento fiquei com saudade de Ivete Sangalo.
Os sapos da lagoa depois deste carnaval não canta como antes , hoje são organizados o sapo martelo juntamente com a gia faz um Dueto misturado. O galo perdeu o rumo da madrugada quando deu meia noite começou a cantar e o ou tro a responder. Isso tem fundamento com a musica que estava tocando por 4 dias.
Lembro-me a 20 anos atras tiravamos leite e o vaqueira levava uma radiola com disco de Vinil o cantor sempre o velho Amado Batista, teve um dia que a radiola faltou pilha e não tivemos o som o que ocorreu foi que as vacas não rederam o leite ou seja o som interferiu na produção.
Se ocorreu com os animais imagine o pé de jaca que a caixa de som ficou ligada com o som de 150 decibés!! Ano que vem teremos jacas da nova produção sem visgo , sem previde e provavelmente sem caroço.
Não podemos deixar de elogiar o macarrão de metro com vario molhos feitos por Fernando , o pato preparado por Naninha " pato ao tacaca" e a jaca desbagada de Seu Edinho no total de 8 jacas de 400 bagos a media. No final da festa a sinfonia ficor por nossa conta , alguns mais vergonhosos ficou caminhado ao redor do lago outros assistindo opera sentado em frente ao tela onde não dava para incomodar niguem e os que estavam mais carregados dormiu na casa ca arvore.

São João será na base de Luiz Gonzaga

CB disse...

Me lembro disso que Leo escreveu, as vacas davam mais leite mesmo, tem uma de Amado, " eu tive um amor" que era um sucesso. Lembro-me que as vacas tinham os nomes de nossas tias. O vaqueiro tinha ordens expressas de não chamar nome de vaca quando estivessemos com visitas. Tinha vaca que fechava o olho durante a ordenha..