segunda-feira, janeiro 10, 2011

Inacreditável


Pois bem, a mudança do apedeuta foi feita por 15 caminhões de mudança, sendo um frigorificado. Ficou a pergunta: Se os servidores públicos não podem aceitar nenhum presente acima de 100 dólares (esses presentes ficam em uma sala reservada que se constitui o patrimônio e memórias dos presidentes), o que levavam os caminhões ?
Resposta: logo na primeira semana jornalistas que cobrem o Planalto deram por falta de um crucifixo antigo, que ficava na sala da presidencia. Anexei a foto do mesmo na época de Itamar Franco. Agora leiam a nota oficial do palácio do planalto sobre a peça:

Jornais, revistas e sites na rede mundial de computadores divulgaram algumas notícias sobre a primeira semana de trabalho da presidenta Dilma Rousseff que merecem esclarecimentos:

1 – Não houve a retirada do crucifixo do gabinete presidencial. A peça pertencia ao ex-presidente Lula que a recebeu de um artista no início do governo. É de origem portuguesa.

2 – Ao contrário daquilo que afirmaram na mídia, não houve a retirada do exemplar da Bíblia de seu gabinete. Ela [a Bíblia] permanece na sala contígua ao gabinete, em cima de uma mesa – onde por sinal a presidenta já encontrou ao chegar ao Palácio do Planalto.

2 comentários:

Anete disse...

Para quem é dono do Brasil, tudo é permitido.... Belo exemplo.... Afinal, tem que levar vantagem em tudo. Quanto mais agora que perdeu a "boquinha" de presidente. Imagine sair de uma festa sem uma "quentinha".

art disse...

Pode crer..é por aí.