domingo, setembro 12, 2010

Especialista em Energia discursa sobre o assunto.

De maneira a ser imparcial com a Fiona, segue abaixo seu (dela) discurso sobre aquela taxa de energia que onerou os consumidores em 1 bi de reais. A análise direta e o raciocínio científico da matéria é um espanto. Vou reproduzir do You Tube. Lá vai:

"Eu queria hoje fazê uma avali…uma observação sobre uma matéria que me surpreendeu sobre a questão da baixa renda na área de energia elétrica”.

“Primeiro cabe esclarecê em relação à matéria que em 2002 foi feito uma lei chamada 10.438”. (O nome da lei é um número, um espanto!)

“Eu tô cruzano baxa (sic) renda com consumidor de energia. Então, se eu tivesse o baxa renda, todo o cadastro do baxa renda, eu baxo todo ele para as distribuidoras e as distribuidoras só vão botá aquilo que tá no cadastro” (há dias, confesso tento entender esse "raciosímio")


“Agora eu vou levantá a fala que diz que o governo federal escolheu isentá quem ganhava até 80 kilowatts horas/mês (sic). Não é critério do nosso governo. Está na lei aprovada em 2002.” (Eu recebo em reais, estou procurando brasileiros que recebam em kW.h/mês...).
“Eu não sei se ocês sabem como funciona o cadastro. Deixa eu só esclarecê isso. A gente paga, é, é, a gente faz… nós não conseguimo fazê o cadastro. Nós”.

(Para combinar com o cargo, um apagão mental).

Um comentário:

CB disse...

Eu gostei muito da forma objetiva com que foi tratada a questão, muito direta, sem rodeios...